SINOPSE BIOGRÁFICA

Vasco M. N. Pereira (Lisboa, 1956), fez todos os estudos superiores de música em Espanha, onde frequentou os Conservatórios Superiores de Música de Badajoz, Sevilha e Real C. de Madrid, tendo-se especializado em Composição e Orquestração/Instrumentação. É fundamentalmente em Espanha que a carreira de compositor se desenvolve. Tem obras estreadas em toda a Europa e América. Com o compositor norte-americano Thomas Bramel, fundaram Three Essential Elements, organização dedicada à divulgação da música de câmara dos seus membros.

LISTA DE OBRAS

CANÇÕES

SOBRE TEXTO SACRO/LITÚRGICO

Ave Maria – Soprano ou Tenor e Piano, 2010 – Estreada em Albi – França na catedral de Notre Dame de la Drèche, pela soprano Sabine Steffan com o pianista francês Robert Graczyk, em 18 de Dezembro de 2010
Alma Redemptóris Mater * – Soprano ou Tenor e Piano, 2010
O Sanctissima * – Soprano ou Tenor e Piano, 2010
Agnus Dei – Soprano, Contralto e Piano, 2011
Tóllite pórtas, príncipes – Soprano e Piano, 2011
Pater Noster – Contralto e Piano, 2012
Pater Noster – Soprano e Órgão, 2012 – Estreia 5 de Outubro em Pruzków – Polónia, na Igreja de St. Kazimierz, soprano Anna Emanuela Politalska.
Stabat Mater – Soprano, Contralto, 2 Violinos, 2 Violas, 1 Violoncelo, 2012

* Estreadas a 16 de Setembro de 2011, na capela de Notre Dame de Grâce – Grazac – França, sendo soprano solista Sabine Steffan, acompanhada pela pianista russa Anna Ioussourova

CANÇÕES COM POEMAS DE AUTOR

AFONSO LOPES VIEIRA
Sonho – Soprano ou Tenor e Piano, 2003
Cantiga das tristes queixas – Soprano ou Tenor e Piano, 2003 – Estreada a 22/09/2006 na Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra – Soprano: Jacinta Almeida; Piano: Diego Ramos
Cantiga das flores do monte – Soprano, Mezzo-Soprano e Piano, 2003
As estrelas – Soprano ou Tenor e Piano, 2006
Dança do Vento – Soprano, Coro Misto e Piano, 2006 – Estreada em: Leiria, Teatro Miguel Franco, 05/02/ 2009, Solista: Jacinta Almeida; Coro: Trítono de Évora; Piano: Amadeu d’Oliveira
As velhas arcas – Soprano ou Tenor e Piano, 2007
Cantares dos búzios – Soprano ou Tenor e Piano, 2007
Ressurreição – Soprano ou Tenor, Piano e Declamador, 2007

FEDERICO GARCIA LORCA
Alta va la luna – Soprano e Piano, 2002
Serenata de Belisa – Soprano e Piano, 2002 (estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 15/10/2002)
La Luna, Duas Canções sobre os Poemas: La Luna Asoma / Canción China en Europa – Soprano, Piano e Orquestra, 2003 – estreada no Teatro López de Ayala, Badajoz (Espanha), 26/10/2003
Nana del Caballo – Soprano e Piano, 2002 (estreada a 21/11/2003 em Olivenza, Espanha) a)

a) Soprano – Jacinta Almeida e Piano – Amadeu d’Oliveira

FERNANDO PESSOA
Se estou só – Soprano e Piano, estreada a 21/11/2003 em Olivenza, Espanha- Soprano – Jacinta Almeida e Piano – Amadeu d’Oliveira, 2003
O Amor – Contra-tenor, Flauta e Piano. Encomenda do flautista português João Paulo Ramos Marta e do contra-tenor holandês, Sytse Buwalda. 2013
Ao longe, ao luar, poema: Fernando Pessoa, soprano, oboé, clarinete, violino, violoncelo e piano, 2014

GLÓRIA DE SANT’ANNA
É o vento, soprano e piano. Estreada em Ovar no Centro Cultural, no dia 3 de Julho de 2011. Soprano – Jacinta Almeida e Piano – Amadeu d’Oliveira. 1993
O Pescador, soprano e piano. Estreada em Ovar no Centro Cultural, no dia 3 de Julho de 2011. Soprano – Jacinta Almeida e Piano – Amadeu d’Oliveira. 1993
Asas – soprano, clarinete em sib, saxofone alto, saxofone tenor, trompa em fá e piano. Estreada em Ovar no Centro Cultural, no dia 3 de Julho de 2011 pela Cameraʇta Ibérica – Quintet e Jacinta Almeida – Soprano. 2010
Mágoa – soprano, clarinete em lá, saxofone alto, saxofone barítono, trompa em fá e piano. Estreada em Ovar no Centro Cultural, no dia 3 de Julho de 2011 pela Cameraʇta Ibérica – Quintet e Jacinta Almeida – Soprano. 2010
Mar – Soprano, clarinete em sib, saxofone alto, saxofone barítono, trompa em fá e piano. Estreada em Ovar no Centro Cultural, no dia 3 de Julho de 2011 pela Cameraʇta Ibérica – Quintet e Jacinta Almeida – Soprano. 2010

LUÍS VAZ DE CAMÕES
Descalça vai para a fonte – soprano e piano, 2008
Perdigão perdeu a pena – soprano e piano, 2008
Verdes são os campos – Estreada por Rita Moldão em 12/04/2018.
Soprano e piano, 2008
Amor é fogo que arde sem se ver (Habanera) – soprano ou tenor e piano, 2012 – para o cantautor francês Eric Fraj
Prelúdio e Fado – Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, soprano ou tenor, guitarra portuguesa, guitarra baixo (acústico) ou contrabaixo e piano. 2013

MANUEL MALHEIRO DIAS
Alcance – soprano e piano, 2007

PERO ANDRADE CAMINHA (1520? – 1589)
Vilancete XXXIX – Estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 2002. Soprano e piano. 2001

RAFAEL ALBERTI
Adiós – Estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 2002. Soprano e piano. 2002
Canto, Río, con tus aguas – Estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 2002. Soprano e piano. 2001
Galope – Estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 2002. Soprano – Jacinta Almeida e piano – Amadeu d’Oliveira. 2001
Madrigal de Blanca–Nieve – Estreada no Ateneu de Badajoz, Espanha, 2002. Soprano e piano. 2001

SANDRA ISABEL AMARO
Saudade – soprano e piano, 2009 estreada em 2014 no Luxemburgo por Cécile Bonnet – soprano e Kevin Tamanini – piano

MARIA ELENA WALSH (Argentina)
Ahora – soprano e piano, 2009

ANTONIO MACHADO
Cantares, soprano e 2 pianos, 2012

SÃO SILVEIRINHA
Ser Criança, soprano e piano, 2018
Outras liberdades, soprano e piano, 2018

SOROR VIOLANTE DO CÉU (1602 – 1693)
Amor, se uma mudança imaginada – soprano e piano, 2010
Se apartada do corpo doce vida – soprano e piano, 2010

MARIO BENEDETTI (1920 – 2009)
Calma Chicha – soprano e orquestra de cordas, 2010

RAMÓN DE CAMPOAMOR (1817 – 1901)
El busto de nieve – soprano e orquestra de cordas, 2010

MARQUESA DE ALORNA (1750-1839)
Eu cantarei um dia – soprano e piano, 2010

GUSTAVO ADOLFO BÉCQUER (1836 – 1870)
Rima LII – Olas gigantes – 2 sopranos e orquestra de cordas, 2010

SOROR MADALENA DA GLÓRIA (1672 – ?)
Tenho amor, sem ter amores – soprano e piano, 2010

ANÓNIMO FRANCÊS

Bonsoir madame la Lune – poema anónimo francês – soprano, coro a 3 vozes e piano, 2011 – Estreada a 16 de Setembro de 2011, na capela de Notre Dame de Grâce – Grazac – França. Soprano solista Sabine Steffan, acompanhada pelo coral “La Pupitre” dirigido por Christine Michiels acompanhadas pela pianista russa Anna Ioussourova
En passant dans un petit bois – poema anónimo francês, 2011
a) soprano e piano
b) soprano, coro a 4 vozes

ANTOINE VINCENT ARNAULT (1766 – 1834)
La feuille, soprano e piano, 2011

RENÉ CHARLES D’ORLÉANS (1394 – 1465)
Rondeau de Printemps – soprano, piano e coro a 3 vozes , 2011

ANNE DE MARQUETS (1533-1588)
Sonnets spirituels – III – soprano e piano, 2011
Sonnets spirituels – V – soprano, coro e piano, 2011

Canções sem palavras, Vocalis 1 – AH / À; 2 – U / OU; 3 – OH / Ô – Soprano e Piano, 2011

FRANCE GAUTIER (heterónimo de Sabine Steffan) – VII POÈME DE L’ÂME, 2012:

1) Une âme est posée – Soprano e Flauta solo, 2012
2) Je suis l’être secret – Soprano e Guitarra, 2012
3) Lumière de mes pensées – Soprano, Flauta e Guitarra, 2012
4) Berceuse « Clartés éteintes » – Soprano, Flauta e Guitarra, 2012
5) Alors l’âme s’endort – Soprano, Flauta e Guitarra, 2012
6) Le quêteur d’absolus – Soprano, Flauta e Guitarra, 2012
7) Prière de l’âme – Soprano, Flauta e Guitarra, 2012

VÍCTOR HUGO LIMÓN MANCILLA (Tijuana, México)
La tibia flor, baritono e piano, Novembro 2019

Mezzo-Soprano e Piano

Poemas de ANDREA PAES
Tenho saudades, 2016
Momento, 2017
As acácias, 2017
Inverno escandinavo, 2017
Outono, 2017
Poema cantado ao Wimbe, 2017
Quero viajar ao país de ti, 2017

Poemas de ALBERTO CAEIRO (heterónimo de Fernando Pessoa)
Leve, leve, muito leve, 2017
Olá, guardador de rebanhos, 2017

Poema de INEZ ANDRADE PAES
Tanta água, 2017

Poemas de ANDREA PAES e INEZ ANDRADE PAES
Mãe, 2 Poemas sobre a “Mãe”. 2017

SELMA MEERBAUM-EISINGER (1924-1942),
Ja, poema em alemão. 2017

BAIXO OU BARÍTONO E QUINTETO DE SOPRO

Partindo-se – Poema: João Roiz de Castel Branco (S. XV – XVI), 2010
Eu ontem vi-te … – Poema: Ângelo de Lima (1872 – 1921), 2010
Dá a surpresa de ser – Poema: Fernando Pessoa (1888 – 1935), 2010
Aquela nunca vista formosura – Poema: António Ferreira (1528 – 1569), 2010
Quase Outono, Quase Belo – Encomenda de Marina Pacheco, soprano. Sobre um texto de Paulo José Miranda, soprano, leitor e piano, 2013

SOPRANO E QUARTETO DE CLARINETES – ciclo Poesía Ibérica.
Ciclo de canções dedicado à soprano Valenciana María Velasco e ao Cuarteto de Clarinetes VERT:

Vaguedás – Poema em galego: Rosalía de Castro, 2012
El Frío del Invierno – Poema em espanhol: Joaquín Riñon, 2013
Falo de Ti às Pedras das Estradas – Poema: Florbela Espanca, 2013
La Barraca – Poema em valenciano: Teodor Llorente, 2013

As rosas – Poema de Machado de Assis (1839 — 1908), para quartetode clarinetes. Maio de 2014

7 Canções para Soprano, Quinteto de Cordas* e Piano – Ciclo dedicado à cantora brasileira Ana Luísa Ramos, sobre poesia Luso-Brasileira:

1. Saudades, canção para soprano, quinteto de cordas e piano. Poema de Casimiro de Abreu (1839 – 1860). Setembro de 2015
2. Mãos de Prata, canção para soprano, quinteto de cordas e piano. Poema de Inez Andrade Paes. Outubro de 2015
3. EU… , canção para soprano, quinteto de cordas e piano. Poema de Florbela Espanca. Outubro de 2015
4. Amar e Ser Amado, canção para soprano, quinteto de cordas e piano. Poema de Castro Alves. Novembro de 2015
5. Dormes… , canção para soprano, quinteto de cordas e piano. Poema de Olavo Bilac (1865-1918). Janeiro de 2016
6. Lua, canção para soprano e quinteto de cordas. Poema de Inez Andrade Paes. Janeiro de 2016
7. Os Amigos, canção para soprano e quinteto de cordas. Poema de Eugénio de Andrade. Janeiro de 2016
* Violino I e II, Viola, Violoncelo e Contrabaixo

Canções para a soprano Ana Luísa Ramos:

Irene no Céu, canção para soprano e piano. Poema Manuel Bandeira. Maio de 2020
Sagres, canção para soprano e piano. Poema de Mário Alves de Oliveira. Maio de 2020

Soprano Solo “ a capella”

Le Canzone di Sarastro, Soprano solo com interacção do público e sons electrónicos. Sobre dois poemas originais: “Castilla” – Gabino Alejandro Carriedo – “Le Canzone di Sarastro” – Roberto Brancati; duas melodias tradicionais: Milho Verde; Tarantella Napoletana; a Ária da Ópera “Carmen” de Georges Bizet: L’amour est un oiseau rebelle. Dezembro de 2012.

Arranjos para cantor/a solista e piano de melodias tradicionais

Vós chamais-me moreninha, 2004
O Verde-gaio é maroto, 2004
O milho da nossa terra, soprano e piano, estreada em 2014 no Luxemburgo por Cécile Bonnet – soprano e Kevin Tamanini – piano. 2004
Meu coletinho aos ramos, 2004
2 canções populares – “En esta plazuelita” “Olha o velho” – Soprano, Violoncelo e Piano, 2004 – Estreada em Badajoz, “Sala Esteban Sánchez”, Abril 2005
Senhora do Almurtão, soprano e piano, tradicional de Idanha-A-Nova, Beira-Baixa, Portugal, 2007
Meus olhos van per la mare, Anónimo dos Séc. XVI, soprano e piano, 2007
Camino del Indio, Popular de Argentina, soprano e piano, 2009
Senhora do Almurtão, mezzo-soprano e piano, tradicional de Idanha-A-Nova, Beira-Baixa, Portugal, 2017

MÚSICA CORAL

CORO MISTO – TEXTO EM LATIM

Miserere Mei, Deus
Alma Redemptóris Máter
Tóllite
Ave Maria
Kyrie eleison, para coro, órgão e violoncelo
Stabat Mater
Magnificat, 2019

CORO MISTO A 4 VOZES

Prece – Poema: Glória de Sant’Anna, 1995
Branca estais e colorada – Gil Vicente (1465? — 1536?), 2009
Brisa – Poema: Sandra Isabel Amaro, 2009
Palavras – Poema: Glória de Sant’Anna, 2010
Pode-me ventura dar … – D. Goterre Coutinho S. XVI C., 2010
A Magia do Cante Alentejano – Poema: Rosa Guerreiro Dias, 2014
Gaivota, – Poema: Rosa Guerreiro Dias, 2014
A vinda de Jesus, poema: Rosa Guerreiro Dias, 2014

HARMONIZAÇÃO de melodia tradicionais e populares

Arco do meu adufe – Popular Portuguesa, 1995
Olhos negros – Popular Portuguesa, 1995
Milho da nossa terra – Popular Portuguesa, 1996
Josezito, Popular Portuguesa, Soprano solo, SATB, 2007
Mangerico Popular da Beira Alta – S. solo, C. solo, SATB, 2007
No meio do Mira, S. A. T. solo, T. B. , popular, 2007
Canção de Romaria – Popular Portuguesa, 2007
Regadinho – Popular Portuguesa, 2007
Sisirão – Popular Portuguesa, 2007
São coradinhas – Popular Portuguesa, 2008
Camino del Indio – Popular Argentina, 2009
Dom Solidom – SSATB, Popular da Estremadura, 2009
José embala o Menino – Popular Portuguesa, 2010
Saias, 1ª versão mais elaborada e 2ª versão simplificada – Melodia tradicional de Campo Maior, 2010
Ran Plan Plan – Anónimo Francês, 2011
Dorme, dorme meu menino, tradicional – Açores, 2014
Glória, Glória, Aleluia, anónimo, 2014
Portas d’Elvas – Popular Portuguesa, 2015
O chapéu novo, Popular de Elvas – Alentejo, 2015
Canção do Mar, Letra: Frederico de Brito, Música: Ferrer Trindade – Fado, 2015
Les Feuilles Mortes (1945) – Música: Joseph Kosma, Letra. Jacques Prévert, 2015
Tres hojitas, madre, popular espanhola, Tenor Solo e Coro Misto a 4 vozes, 2016
A camponesa, Tradicional / Popular de Elvas, 2016
Tres hojitas, madre, popular espanhola, coro masculino – TTBB, 2016
Minha mãe me deu um lenço, SATB, Tradicional – Alentejo (Serpa), 2016
Hymno do Senhor Jesus da Piedade, Música: Mário Sampayo Ribeiro, Letra: Alfredo Gameiro. Harmonização: SATB, 2016

CORO MASCULINO

Quotidianos, 8 vozes indistintas, 2008
Ó meu Menino Jesus, Coro de 8 Vozes Masculinas – 4 Tenores, 2 Barítonos, 2. Baixos, tradicional – Alentejo, 2014
Meu amor me deu um lenço, tradicional – Alentejo (Serpa), TTBB, 2014
É o vento, arranjo para coro a 4 vozes iguais, TTBB, da canção homónina sobre texto de Glória de Sant’Anna, 2016
Palavras, Poema: Glória de Sant’Anna. Maio de 2016

CORO MISTO COM PIANO

Meus olhos van per la maré – Anónimo S. XVI, 2008
José embala o Menino – Popular Portuguesa, 2010
Moda da Vindima – Popular Portuguesa, 2010
No meio do Mira – Popular Portuguesa, 2010
Regadinho – Popular Portuguesa, 2010
Senhora do Almurtão – Popular Portuguesa, 2010
Vira – Popular Portuguesa 2010
Villancico de la Vera de Cáceres, Extremadura – España, 2019

VÍCTOR HUGO LIMÓN MANCILLA (Tijuana-México), 4 poemas:

El camino, Coro Misto e Piano. Agosto de 2019
Hoy Pasaste, Coro Misto, Piano e Percussão. Agosto 2019
Nocturno, Coro Misto e Piano. Agosto de 2019
Sueños, Coro Misto e Piano. Agosto de 2019
La Memoria, Coro Misto e Piano. Setembro de 2019

CORO MISTO A 3 VOZES

Saias – Popular Portuguesa, Campo Maior – Soprano, Contralto, Barítono, 2010
Não se me dá que vindimem – Popular Portuguesa, Castelo Branco – Soprano, Alto, Baixo, 2010
No Meio do Mira – Popular Portuguesa – Soprano, Alto, Barítono, 2010
Ó Meu Menino Jesus – Popular Portuguesa – Soprano, Alto, Barítono, 2010

CORO FEMININO

Huayno – Inca, Peru – Soprano I, II, Contralto e Percussão, 2011
Pajarito que cantas en la laguna – Popular da Espanhola (Extremadura) – SA, 2011
José embala o Menino – Popular Portuguesa – SSAA. Estreia em Janeiro de 2013 pelo “Coro Feminino de Lisboa”. 2012
Ó Meu Menino Jesus – Popular Portuguesa – SSA, 2012
Vocalius, SSAA, 2013
Dorme, dorme meu menino, tradicional – Açores, SSAA, 2014
Meu amor me deu um lenço, tradicional – Alentejo (Serpa), SSAA, 2014
Tempo Sonoro – Os Relógios – coro feminino, relógios de carrilhão e despertadores ou sons electrónicos e leitor/declamador : Voz 1, 2, 3, 4 ou voz previamente gravada. Coro diviso in: SSAA – VOZ 1, 2, 3, 4; 2014
Tres hojitas, madre, popular espanhola, SSAA, 2016

MÚSICA DE CÂMARA

FLAUTA SOLO
Obras dedicadas à flautista italiana Rita D’Arcangelo:
Atlântico, estreada a 1 de Outubro de 2013 em Tóquio – Japão e gravada no CD “Inspyred by Rita D’Arcangelo”. 2012
Katabatikos, para Flauta Contralto / Alto Flute. Setembro 2019

Obras dedicadas ao flautista espanhol Antonio Berdonez:
Instantâneos, 2013
Haikus (haikai), para Flauta Contralto / Alto Flute, Julho 2019

Brisa – Breeze, obra encomendada pela flautista Myriam Hidber Dickinson, I – A brisa fresca / The cool breeze ; II – brisa de verão / summer breeze; III – brisa de montanha / mountain breeze; IV – brisa outonal / autumn breeze; Junho 2019

VIOLONCELO SOLO
Chuva – 2004

VIOLINO SOLO
Serenata, em três andamentos: Moderato, Allegro, Vivo

CLARINETE SOLO
Vagueando pelo campo, I – Vagueando por um campo de erva seca; II – O som da água; III – O canto da cotovia; IV – Apesar do nevoeiro o monte é belo; V – Caminhando sobre a erva fresca. Dedicado ao seu amigo, o clarinetista valenciano Salvador Navarro. Setembro 2019

GUITARRA SOLO
Serenim, dedicada ao guitarrista Fernando Hernández Leon. Dezembro 2016

HARPA SOLO
Impromptu per Arpa, Março 2016
Nome em branco – Toccata para Harpa, Allegro – Allegro Vivace – Presto. Julho 2019

PIANO SOLO

A Oliveira da Serra – 6 variações sobre um tema popular português, 1995
Variações Beirãs – Piano, 1996
Retratos – partita – I – Andante molto (Quasi Allegro) II – Tempo di Valse III – Allegretto IV – Giga, 1996
Pequeno Nocturno, 1999
Quadrivium, I – A la Fado; II – A la Débussy; III – A la Chopin; IV – Espanholeta. Estreada no Teatro López de Ayala de Badajoz – Espanha, 2001 – Pianista: Mariana Gourkova. 1999
Esboços – I Allegro; II Andante, 2004
4 Momentos Musicais: I – Mal me quer, bem me quer; II – Ar de Dança, 1; III – Ar de Dança, 2; IV – Adeus, 2008
Entardecer – I Allegretto; II Moderato; III Adagio/Allegro – estreada a 16 de Julho de 2013 em Assis-Itália. Pianista: Natalia Mogilevskaya – 2006
Música para jovens músicos, 10 Pequenas peças para piano, 2006
Momento Musical, I – Mal me quer, bem me quer; II – Ar de Dança; III – Ar de Dança II; IV – Adeus. Maio de 2008
Impressões Tarnianas, estreada a 16 de Julho de 2013 em Assis-Itália. Pianista: Natalia Mogilevskaya – 2012
Chant d’amour et tristesse d’un migrant, Junho de 2015
Mãos De Prata, Maio de 2015
Barcĭna, Julho 2016
Lua de vento, Fevereiro 2017
Elbax, obra dedicada à cidade de Elvas. Março 2017
Reminiscências, Suite para cravo ou piano / for harpsichord or piano 1. Espanholeta 2. Canção 3. Vira, Março 2020
Música para um tempo incerto, gravada em vídeo por Véronique Bracco – https://youtu.be/Jio2z8mnwkQ – 21/03/2020
Três por Quatro, Maio de 2020

DUOS

Ainigmas – Fantasia para violino e piano – Violino solo e piano, 1996
Inquietudes – Harpa e Flauta, 1997
O Sonhador, trompa e piano. Dezembro 1998
Saudade – Clarinete em Sib e Piano, Allegro – Andante – Allegro. Estreada em 21 de Abril de 2006 em Badajoz, pelo clarinetista espanhol Alfonso Pineda e pelo pianista mexicano Manuel Escalante. Fevereiro 2002.
Simetrias – 2 pianos, Julho de 2004
Rêverie, flauta e piano, Agosto de 2014
Quercus Robur, Flauta e Guitarra, Julho 2014
Riacho, Harpa e Flauta – Harp and Flute, Agosto de 2016
“O Fillii et Fillæ” – VI Variações sobre a melodia gregoriana “O Fillii et Filliae” para Harpa e Violino, Maio de 2017
Ceres, Flauta e Piano / Flute and Piano, Maio 2017
N236-1, In Memoriam. Piano e Guitarra. Junho de 2017
Mazurka, Variaciones sobre la Mazurka de Juan Perez Ribes, clarinete e piano, Julho de 2017
Piazzolando ou Libertando o Tango, 2 pianos. Dedicado ao Piano Duo Specchio. Janeiro de 2017
Athens, Clarinete em Sib e Acordeão – Clarinet in Bb & Accordion, Março 2018
Dueto para a Amizade, Guitarra e Contrabaixo, Janeiro 2019
Music for sculptures, by violin and clarinet in Bb, based on the Sculptures of Kelly Athanasiadou – Entelechy, Matrix, Square Thinking of a Chaotic Mind, Hypercube. Junho 2019
A dádiva da existência, Flauta & Piano, Maio 2020

TRIOS

Serenata Alentejana – 1ª Versão: 2 Guitarras e Guitarra Baixo ou Contrabaixo; 2ª Versão: 2 Acordeões. 2007
30 Segundos – 6 Peças para Oboé ou Flauta e Piano. 2010
Aquém-Tejo, Suite – Ouverture, Air Andalousian, Chanson d’Amour, Air de Giga; Trio – Violino, Violoncelo e Piano. 2012
Ar de Dança, Guitarra Portuguesa, Baixo e Piano. Junho de 2013
Fado Al Jazz – Guitarra Portuguesa, Guitarra Baixo ou Contrabaixo e Piano. 2013
Suspiros da terra e do mar, Violoncelo e Piano. Junho 2014
Pedrógrão Grande (EN236-1) In Memoriam, para 3 Harpas, Junho de 2017
“O Fillii et Fillæ” – VI Variações sobre a melodia gregoriana “O Fillii et Filliae” para Harpa e Violino, Maio de 2017
Três danças e um poslúdio – Flauta, Bandolim e Violino. Janeiro de 2018
Sobre a Água / Dentro Dela / Anda uma Ponte, Clarinete em Sib, Viola, Piano. Encomenda do clarinetista valenciano, Salvador Navarro. Janeiro de 2020
Sobre as sombras, Flauta, Harpa e Piano. Março 2020

Dedicado a Galan Trio, Violino, Violoncelo e Piano, Grécia:
Terra de Mar, gravado no CD Switch. Estreia a 14 de Dezembro de 2017 em Atenas. 2015
A Sight To Ararat, Variation – theme David Haladji , Estreia a 14 de Dezembro de 2017 em Atenas. Agosto 2017
“A” – Alfa / Alpha / A α de/from Ararat, Janeiro 2019

QUARTETOS

O Gaiteiro, para Flautim, 2 Flautas e Flauta em Sol. Janeiro de 2000
Monda – Quarteto para Clarinete em Sib, Violino, Violoncelo e Piano, 2001
Sol de Maga – Allegro – Andante – Allegro, Quarteto de Cordas com Piano, 2002
Ad Septem Aras – Quarteto de Cordas Op. 1: Violino I e II, Viola e Violoncelo, 2003
Simetrias – 2 Pianos, 2004
Fadossambeado, dedicada ao Quarteto de Clarinetas Omega – Brasil, Março de estreia 3 de Julho de 2014 em Brasília (Brasil). 2014
Triquetra, Quarteto de Saxofones – Saxophon Quartett. Dedicado ao quaretto italiano Triskeles. Julho 2018

Obras expressamente compostas para o Cuarteto de Clarinetes VERT (Valencia – Espanha):
BEET, estreada a 8 de Novembro de 2011 no Palau de la Música de Valencia pelo próprio quarteto, editada pela Brotons & Mercadal, Llevant Edicions Musicals, SL de Valencia – Espanha e, gravada pelo próprio quarteto no seu CD “ESENCIAS 2”. 2011
Promenades – Suite – 1. à la campagne 2. en charrette 3. à la mer 4. pour le Guadiana. Gravada no CD “Esencias 3”. Estreia a 11 de Abril de 2014 em Carcaixent, Valencia (Espanha). 2012
Carnavalescas – Gravada no CD “Esencias 4 – DiVERTisiones”. Fevereiro 2016
1, 2, 3 … 5 Minutos de Música, Novembro de 2019

QUINTETOS

Quinteto Op. 2 – Saxofones Soprano, Alto, Tenor, Barítono e Piano, Allegro Moderato, Adagio, Allegro. 2000
Os Cinco Elementos – Quinteto de sopro, 2010 – Obra em cinco andamentos para o quinteto italiano “I Cinque Elementi Wind Ensemble”, estreada en Graves – França em 27 de Julho de 2010
Suite Miniatura – Quinteto de Sopro sobre temas tradicionais portugueses, 2010
Mediterraneando – Variações sobre o o tema Mediterrâneo. Homenagem a Juan Manuel Serrat. Para Pax Julia – 1 clarinetin Bb, soprano sax, alto sax, horn in F & bassoon. Março de 2020.

ENSEMBLES

Jogos percutivos I, para 3 trompetes, 4 trompas, 3 trombones, timbales, caixa, temple bloks, xilofone, vibrafone, marimba, marimba baixa e bombo. Julho de 2005
Jogos percutivos II, para flautím, flauta, oboée, clarinete em si bemol, saxofone soprano, saxofone alto, saxofone tenor, saxofone barítono, fagote, 2 trompas, timbales, triângulo, caixa, maracas, caixa chinesa, xilofone, vibrafone, marimba, marimba baixa, pandeireta, bombo e contrabaixo. Julho de 2005
Jogos percutivos III, timbales, caixa, temple bloks, glockenspiel, xilofone, vibrafone, marimba, marimba baixa, bombo e orquestra de cordas. Julho de 2005
Fantasía Campestre I ou Impressões sobre uma tarde chuvosa de Primavera
Flauta, Oboé, Clarinete em Sib, Fagote, Trompa em Fá, Trompete em Sib, Timbales, Percussão – (caixa chinesa ou clavas e Tambor militar), Harpa, Piano, Violino I e II, 1 Viola, 1 Violoncelo e 1 Contrabaixo, Março 2008
Sinfonietta para um Ensemble – A Rondeau in Jazz style, 2009
1ª Versão: Flauta, Clarinete em Sib, Clarinete Baixo em Sib, Saxofone Alto, Tuba, Vibrafone, Percussão, Piano e Acordeão
2ª versão: Clarinete em Sib, Saxofone Alto, Piano e 2 Acordeões
Paisagens, Suite par un ensemble à cordes – Guitarras I, II, III, 2 Violoncelos e 1 Contrabaixo. Dezembro 2013.
Graffitto Sonorum, Flute, Clarinete in Bb, Glockenspiel, Vibraphone, Snare Drum, Piano, 2 Violins, 1 Viola, 1 Cello, Março/Mars 2014
Fantasia Campestre II , Flute, Oboe, Clarinet in Bb, Bass Clarinet, Basson, Horn in F, Xylophone and Piano, Janeiro de 2014
Mediterranescas Variações sobre 3 temas populares: “Barco Negro, Mediterrâneo e O Milho da Nossa Terra”. Marimba, Bongós, Piano, Acordeão, Violino & Contrabaixo Janeiro de 2019
Fantasia concertante, obra composta sobre dois temas populares portugueses, “Senhora do Almurtão” e “Cantar Alentejano”. 2012
Mar Falante, I cantata de Cantoriana Marítima – Trilogía poética-musical sobre as Descobertas Marítimas: – para Soprano, Coro Feminino* e Clarinete em Sib, 2 Saxofones (S., A., T. ou BAR.), Trompa em Fá e Piano, sons electrónicos previamente gravados. Libreto: Inez Andrade Paes. Outubro 2011
Cantares Alentejanos, Suite de melodias e cantos alentejanos para: – Soprano; Mezzo-soprano; Coro Misto (mínimo 20 cantores); Coro Masculino Alentejano; Piano; 1 Flauta transversal/Flautim; 1 Oboé; 1 Clarinete em Sib; 1 Saxofone Alto; 1Trompa em Fá; 2 Violinos; 1 Viola de Arco; 1 Violoncelo;1 Contrabaixo; 2 Timbales, Triângulo, Caixa de Rufo, Pandeireta, 1 Tambor grande, 1 Tambor pequeno e Bombo, 2009
Sharing Rays of Light, (based on Bible texts ) for Soprano, Mixed Choir, Viola, and Piano. In 4 Parts – The Lord is my rock – Live as children – Sing with joy – A song of ascents. November 2018
Stabat Mater, soprano, mezzo-soprano/contralto 2 violinos, 2 violas e 1 violoncelo. Texto latino do século XIII. Estreia Outubro de 2016, na Sé de Elvas. Solistas: soprano – Rita Moldão, mezzo-soprano – Cátia Moreso, acompanhadas por um quinteto formado por antigas instrumentistas da sua Orquesta Luso-Española: Sara Álvarez-Borbolla, Beatriz Caballero, Rosa Escobar, Teresa González e Teresa Garcia.

ORQUESTRA DE CORDAS
Jogos Infantis, Rapsodia sobre um tema popular português, estreada em Portalegre (Portugal),1996
Luz – Allegro Moderato; Adagio; Moderato, 1999 estreada em Elvas (Portugal), Maio de 1999
Ensaio Sinfónico – I Allegro Moderato, II Andante, III Scherzo, IV Allegro, 2001
Cinq Méditations sur la Beauté, Dezembro de 2013

ORQUESTRA DE CÂMARA
Ungaresca – 1999
Crepúsculo, 2002
Flores do Verde Pino – 2003
4 Melodias Populares Portuguesas – O milho da nossa terra; O Verde-gaio é maroto; Vós chamais-me moreninha; Meu coletinho aos ramos – 2004

SOLISTA E ORQUESTRA
Concerto Op. 1 – Piano e Orquestra Sinfónica, 1996
Concerto para um dia – Op. 2 – Violino Solo e Orquestra Sinfónica,1998
Concerto Op. 3 para Flauta transversal – Flauta e Orquestra de Cordas, 2001

ORQUESTRA SINFÓNICA
Lusitania ( Poema Sinfónico ),1994
O voo do pássaro, 2003
Bolero, 2004
Carrossel, 2004
Suite de Valsas, 2004
Flores de papel, 2005
Guadiana entre duas pontes – Suite (I – Brisa no rio II – Dança das águas do rio III – A rã saltadora e o pato nadador IV – Entre duas pontes – Final). Estreada no Mosteiro dos Jerónimos de Lisboa, em 30 de Abril de 2006 pela Orquesta Luso-Española. 2005
Ladainha, 2005
Dies irae, tema com variações, 2008

BANDA
Suite Ibérica, 1998, Revisão 2006
Barqueiro do Mira, 2008
Mandragora Autumnalis, 2012
Swingist – (this is swing) for Band, Variações sobres 2 temas de Jazz: Minor Swing & Les Yeux Noir. Abril de 2014.

BALLET
FRATRES, Ballet em 3 Actos. Para Coro Misto, Piano, Quinteto de Sopro e Percussão. Libreto de Fernando Luís C. S. Antunes. Em Composição.

ÓPERA

Splintered Flashes – Libretto by Michael Herrschel. Cast: Soloists: Soprano • Baritone; Narrator/Diseur – Speech synthesis / synthesized voice; Choirs: Female Choir 1 (8 voices – SSAA), Female Choir 2 (8 voices – SSAA), Male Choir (8 voices –TTBB); Orchestration: Timpani, Wind Chimes, Maracas, Claves, Wood Block, Temple Block, Timbales, Snare Drum, Bass Drum, 2 Glockenspiel, 2 Xylophones, 2 Vibraphones, 2 Marimbas, Electric Guitar, Electric Bass (Guitar), Piano, Celesta, Violin, Viola and Cello. April 2018
A Savage Regard, libretto by Maxine Frost – em composição
Obras compostas conjuntamente com o compositor norte-americano Thomas Bramel:
Fratris Divertimento, para Pax Julia – Wind Quintet (1 Clarinet in Bb, 2 Saxophones, 1 Horn & 1 Bassoon). Fevereiro de 2020
diVERTsion, dedicado ao Cuarteto de Clarinetes Vert. Maio de 2020

ARRANJOS

Cameraʇta Ibérica e Pax Julia Ensemble:

Rumanian Folk Dances, Béla Bartok.
Suite Nº 3 de J. S. Bach
Brandenburg nr 2 de J. S. Bach
Sonata II a 5 Op. 2 Nº. 3 Tomaso Albinoni (1671 – 1751)
12 Contredanses for Orchestra, WoO 14 Serie 2 Nº 17, Ludwig van Beethoven,
Marcha Turca – Beethoven
Quintett für Oboe, 3 Hörner und Fagott, Beethoven
Fandango – Bocherini
Househlod Music – Vaughan Williams
MR. Sandman, Lyrics and Music: Pat Ballard, Maio de 2020
Etc.

PARA HARPA E FLAUTA
La Mendiga, de Enrique Granados
La Huérfana, de Enrique Granados
PARA ORQUESTRA DE CORDAS
La Mendiga, de Enrique Granados*
La Huérfana, de Enrique Granados*

PARA SOPRANO, PIANO E ORQUESTRA SINFÓNICA
Torna a Sorrento, Canzone Napolitana*
O sole mio, de E.D. Capua*
Chora Videira, de Frederico de Freitas*
Canção da vindima, de Joly Braga Santos*
Aquella moça, de Luís de Freitas Branco*
Azulão, de Jayme Ovalle*
Mattinata, de R. Leoncavallo*
Non ti scordar di me, de E. D. Curtis*
* Estreadas no Teatro López de Ayala de Badajoz a 26 de Novembro 2003
PARA ORQUESTRA SINFÓNICA
Suite Manchega, Suite para Banda Sinfónica de Juan Pérez Ribes, estreada em Larache, Marrocos, Abril 2002
PEÇAS PARA ORQUESTRA ORFF
POPULAR TRADICIONAL
A caminho de Viseu, Popular da Beira, Portugal
A Ram Sam Sam, Popular Árabe
Ame, fure – Tradicional do Japão
Ani Kuni – Popular Índia
Canção da Canoa – Popular Inglesa
Cai Neve – Popular Francesa
Cânone Ucraniano – Popular da Ucrânia
Dorme, dorme meu menino – Popular de Viseu-Beira, Portugal
Fray Martin – Popular Espanhola
God rest ye merry – Popular Irlandesa
Haidom – Popular Checa
O Balão do João – Popular
Senhora do Almurtão – Popular da Beira Baixa, Portugal
Sisirão – Popular Portuguesa
Pot-pourri sobre 3 melodias portuguesas: Papagaio Loiro; Eu fui ao Jardim Celeste; As Pombinhas da Cat’rina
Caminito del Índio – Popular da Argentina

AUTOR CLÁSSICO
Beata Víscera – Pérotin (Séc. XII)
Canção do Amanhecer e Dança – João Sebastião BACH
Canticorum Jubilo – George F. Haendel (1685 – 1759)
Gagliarda – Jean Baptiste Lully (1633 – 1687)
3 Pequenas peças de Kabalevski – Pequena Canção; Pequena Polka; Pequena Marcha – Kabalevski
Melodia de Schumann – Robert SCHUMANN (1810 -1865)
Cânone de PACHELBEL (1653 – 1706)
“Sinfonia dos Brinquedos “ Minuetto – Johann Georg Leopold Mozart (1719 –1787)

ORIGINAIS

Canção Chinesa – Flauta 1 e 2, Triângulo, Bloco de 2 Sons, Clavas, Caixa Chinesa, Jogo de Sinos Soprano, Xilofone Soprano, Metalofone Soprano ou Jogo de Sinos Contralto, Metalofone Contralto, Xilofone Baixo 1 e 2, Pandeireta
5 Canções sem Palavras – Flauta Soprano 1/2, Triângulo, Pratos, Bloco de 2 sons, Maracas, Pandeireta, Caixa chinesa, Bongós, Tamborete, Jogo de sinos 1/2, Metalofone 1/2/3, Metalofone Baixo, Xilofone Soprano 1/2/3, Xilofone Baixo
Ritmos assimétricos I – Triângulo, Prato com baqueta de feltro, Caixa chinesa timbre agudo, Prato com baqueta de madeira, Clavas, Bloco de 2 sons, Guizeira, Bongós, Triângulo, Tamborete médio, Tamborete grande

OBRAS PARA CONJUNTO DE FLAUTAS DE BISEL BARROCAS
Dindirindin, Anónimo – para trio de flautas soprano com acompanhamento de percussão
Más vale trocar – Juan del Encina (séc. XVI) – SAAT*
Lascia ch’io pianga – G. F. Haendel – SAT
De donde venis amores – Juan Vasquez (séc. XVI) – SAAT
Morning has broken, tradicional irlandesa – SSSAT
Belle qui tiens ma vie – Pavanne, Thoinot Arbeau (1520-1595 ) – SAAT
Ani Kuni, tradicional americana – SAT
El Condor pasa, tradicional do Peru – SAT
Petite Sonate – Menuet, Wilton – 2 Flautas Soprano
Ritmos assimétricos II – Clavas, Caixa chinesa, Tamborete, Triângulo, Bongós, Bloco de 2 sons, Tamborete grande
Rondó em Sol Maior – – Flauta de Bísel Soprano 1 e 2, Jogo de Sinos Soprano e Contralto, Xilofone Soprano, Xilofone Contralto, Metalofone Soprano, Metalofone Contralto Metalofone Baixo, Xilofone Baixo

*S = Soprano; A = Contralto; T = Tenor

Fundador de:
– Orquesta Luso-Española – 1996 a 2006;
– Ensemble de Flautas Barrocas – 2008 a 2012;
– Cameraʇta Ibérica em 2010 a 2019;
– Pax Julia (Ensemble), 2019.

Está editado pelas editoras de música impressa Brotons & Mercadal Edicions Musical SL, ou pela sua subsidiária Music Valls S.L.

C.M. 30/05/2020

[ Lista facultada por Vasco Pereira, publicada na Meloteca a 05 de junho de 2020 ]

Vasco Pereira, compositor

Vasco Pereira, compositor

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *