Artigos

Viola brasileira, Reinaldo Toledo

Viola brasileira é uma categoria diversificada dos cordofones de mão com caixa de ressonância (a maioria, em forma de 8), braço e ordens duplas de cordas. Deriva da família das violas aristocráticas euro-latinas dos séculos XVI, XVII e XVIII, recebida no Brasil ao longo desse período. Foi popularizada no século XIX (ou talvez antes) e constituída por variantes regionais, algumas delas mais rústicas e outras aparentadas às violas portuguesas do século XIX. O seu  repertório, pelo menos desde o século XIX, é predominantemente de tradição oral. Desde o século XX, surgiram métodos impressos para a aprendizagem das violas e, a partir do início do século XXI, juntaram-se a essa tradição os primeiros cursos superiores de viola brasileira.