Artigos

Ronda dos Quatro Caminhos

A roupa do marinheiro
Não é lavada no rio:
É lavada no mar alto
À sombra do seu navio.
Não é lavada no rio.

Sereias que há no mar longe
Não queiram o meu amor,
Que eu deixei em terra firme
Um peito a chorar de dor.
Não queiram o meu amor.

Penso em ti nos sete mares,
Juntos onde o vento for;
Tu não és como a figueira
Que dá fruto sem dar flor.
Juntos onde o vento for.

Espera por mim que eu volto!
Estão os campos por lavrar
E assim fica a nossa vida
Presa a uma vela no mar.
Estão os campos por lavrar.

Letra e música: Popular (Minho)
Arranjo e orquestração: António Prata
Intérprete: Ronda dos Quatro Caminhos com a Orquestra Sinfónica Portuguesa (in CD “Tierra Alantre”, Ocarina, 2014)
Primeira versão [?]: Grupo de Cantares de Manhouce ‎(in LP “Aboio”, EMI-VC, 1984)

Ronda dos Quatro Caminhos
Ronda dos Quatro Caminhos
Né Ladeiras

La Lhoba Parda

Indo you mie siêrra arriba,
Delantre de miu ganado,
Repicando lo caldeiro,
Remendando l miu çamarro,
Aparcírun siête lhobos:
Todos siête na niada
Trazien ua lhoba al meio
Que era mais lhieba que parda;
Me quitou ua cordeira
La mejor de la piara.

Era ua cordeira branca,
Filha dua oubeilha negra,
Filha de l melhor maron
Que se passiaba na siêrra.
— «Arriba, arriba, cachorros!
Abaixo, perra gudiana!
Se m’agarrardes la lhoba
La cena tenereis ganha
I se nun me l’agarrardes
Cu’la caiata cenais!»

Siête lhéguas han corrido
Los mius perros por arada
I al fin de las siête lhéguas
La lhoba staba cansada.
— «Toma, perro, la cordeira!
Lhiêba-la pa la piara!»
— «Nun te quiêro la cordeira
Que la tenes lhobadada.
Só te quiêro la tue çamarra
Para fazer ua albarda;

Las tripas para biolas,
Para beiláren las damas;
El rabo para correias,
Para atacarmos las bragas.»
— «Chames tous perros, pastor,
Yá me bou pa las muntanhas!
Direi a ls mius cumpanheiros
Qu’ you nun buolbo a tu’ malhada,
Porque perros cumo ls tous
Nun los ten l Rei de Spanha!»

Letra e música: Popular (Planalto Mirandês, Trás-os-Montes)
Arranjo e orquestração: Pedro Pitta Groz
Intérprete: Ronda dos Quatro Caminhos com a Orquestra Sinfónica Portuguesa (in CD “Tierra Alantre”, Ocarina, 2014)
Primeira versão [?]: Né Ladeiras – “Indo por la Sierra” (in CD “Traz os Montes”, AlmaLusa/EMI-VC, 1994)

Né Ladeiras
Né Ladeiras