Artigos

Jovem tocando tambor

Tambor é uma subcategoria de membranofones que pode ter uma ou duas membranas com formatos muito diversificados (cilíndrico, longo, cónico). Podem ainda ter forma de ampulheta, taça, vaso ou barril. A sarronca é um tambor especial, de fricção, dado que a membrana é posta em vibração por uma vara.

Rattle drum

Rattle drum, ou pellet drum, é uma classe de membranofone com uma construção e forma de tocar especial, com duas membranas circulares unidas por um cabo. Quando o cabo rola verticalmente entre as palmas das mãos, as missangas, presas por um fio, batem nas membranas, com o ritmo e velocidade que o executante lhe imprime.

Atabaque

Tabaque, ou atabaque, é um tambor unimembranofone afro-brasileiro com corpo de madeira. O nome tem origem no termo árabe al-Tabaq. Em São Tomé e Príncipe (África) também existe um membranofome com o nome de tabaque, um tambor médio cuja pele é amarrada em vez de pregada.

Bongós

Bongós é um conjunto de dois tambores unimembranofones de percussão direta ligados entre si. Os tambores têm corpo cónico e diferentes diâmetros, produzindo sons um mais grave do que o outro. A parte oposta à pele é geralmente aberta. De origem afrocubana, o bongós é parte integrante da música latinoamericana, designadamente a solo.

Caixa de repique

Caixa de repique, caixa, caixa clara, caixeta clara, tarola, tarol, ou snare drum, em Inglês, é um tipo de bimembranofone composto por um corpo cilíndrico de pequena secção, com duas peles fixadas e tensionadas por meio de aros metálicos, uma esteira de metal constituída por pequenas molas de arame colocada em contato com a pele inferior, que produz um som repicado, característico das marchas militares.

Caixa clara

Caixa clara, caixa, tarola, tarol, caixeta clara ou snare drum, em Inglês, é um tipo de tambor bimembranofone composto por um corpo cilíndrico de pequena secção com duas peles fixadas e tensionadas por meio de aros metálicos, uma esteira de metal constituída por pequenas molas de arame colocada em contato com a pele inferior, que vibra através da ressonância produzida sempre que a pele superior é percutida, produzindo um som repicado, característico das marchas militares.

Tarola

Tarola, tarol, caixa, caixa clara, caixeta clara ou snare drum, em Inglês, é um tipo de tambor bimembranofone composto por um corpo cilíndrico de pequena seção, com duas peles fixadas e tensionadas por meio de aros metálicos, uma esteira de metal constituída por pequenas molas de arame colocada em contato com a pele inferior, que vibra através da ressonância produzida sempre que a pele superior é percutida, produzindo um som repicado, característico das marchas militares.

Tamborete de guitas

Tamborete de guitas, ou simplesmente tamborete, é uma classe de membranofone com uma construção e forma de tocar especial, com duas membranas circulares unidas por um cabo. Quando o cabo rola verticalmente entre as palmas das mãos, cada missanga, presa por um fio, bate na respetiva membrana, com o ritmo e velocidade que o executante lhe imprime. Em algumas regiões do mundo, é tocado por adultos em rituais religiosos, mas é utilizado especialmente por crianças como brinquedo sonoro. Existe em vários continentes com diferentes nomes características específicas de acordo com os materiais disponíveis e as técnicas de fabricação. “Pellet drum” e “rattle drum” são nomes por que é conhecido em língua inglesa. Tamborete de guitas (Portugal), Bolanggu (China), damaru (Índia e Mongólia), do, nodo, noedo, tao e yeongdo (Coreia), den-den daiko (Japão) são variantes deste instrumento.