Artigos

Ilha de São Miguel, Açores

Vai de roda, vai de roda!
Vai de roda com primori!
Daqui desta região,
De quem há-de ser meu amori.

Hei-de cantar e bailar
Enquanto vida tiveri;
E depois, quando eu morrer,
Que cante e baile quem quiseri.

Os olhos do meu amor
São grãos de trigo na eira,
Semeados ao domingo
E nados à segunda-feira.

Vai de roda, vai de roda!
Vai de roda com primori!
Daqui desta região,
De quem há-de ser meu amori.

Hei-de cantar e bailar
Enquanto vida tiveri;
E depois, quando eu morrer,
Que cante e baile quem quiseri.

Os olhos do meu amor
São grãos de trigo na eira,
Semeados ao domingo
E nados à segunda-feira.

Vai de Roda (Canção dançada ou ‘moda’ de baile)
Letra e música: Tradicional (Ilha de S. Miguel, Açores)
Informantes: Georgina Fernandes Medeiros (canto) e Liduína Rosa de Braga (percussão)
Recolha: Artur Santos (campanha de 1960) (in 7LP “O Folclore Musical nas Ilhas dos Açores: Antologia Sonora da Ilha de S. Miguel”, Instituto Cultural de Ponta Delgada, 1965, reed. 4CD “O Folclore Musical nas Ilhas dos Açores: Antologia Sonora da Ilha de S. Miguel”: CD 2, faixa 5, Açor/Emiliano Toste, 2001)
Intérprete: Macadame (in Livro/CD “Firmamento”, Macadame, 2016)

Ilha de São Miguel, Açores
Ilha de São Miguel, Açores