Artigos

Arghoul, Egito

Arghoul é um aerofone de palheta simples constituído por dois tubos, muito frequente no Egipto, Palestina e Norte de África. Remonta ao Antigo Egito. Aparece com outras grafias: arghul, argul, arghool, argol.

Zummarah, Egito

Zummarah é um aerofone de palheta dupla tradicional do Egito (África).

Sistrum

Do grego “seistron”, literalmente “o que é abanado”, chamado “sekhem”, ou “sesheshet” em língua egípcia, sistrum é um idiofone metálico de percussão indireta especialmente associado à música nos antigos Iraque e Egito.

Arghul

Arghul é um aerofone de palheta simples constituído por dois tubos, muito frequente no Egipto, Palestina e Norte de África. Remonta ao Antigo Egito. Aparece com outras grafias: arghul, argul, arghoul, arghool, argol.

Mazhar, Egito

Mazhar é um membranofone árabe tradicional do Egito, uma espécie de tamborim com soalhas de bronze.

Kissar, Egito

Kissar é um cordofone dedilhado, também escrito kissir, tanbour ou gytarah barbaryeh, antiga lira da Núbia, ainda em uso no Egito e Abissínia. O corpo consiste numa tigela rasa e redonda de madeira, coberta com uma caixa de ressonância de pele de carneiro com orifícios redondos.

Ney, Turquia

Ney é um aerofone típico do Médio Oriente. Surgiu no Egito antigo onde se tornou comum. O termo ney em persa significa “cana”, e é o material de que é costume ser feito. Também é chamado nai, nye, nay.

Tef, Egito

Tef é um pandeiro tradicional do Egito (África).

Simsimiyya, Médio Oriente

Simsimiyya é uma lira dedilhada usada por beduínos como instrumento social. No Egito acompanha danças, sendo também utilizado na Jordânia e no Iémen. Nas cidades de Port Said e Ismailiyya é chamado suhbagyya.

Sesheshet ou sistrum, Egito

Sesheshet, tal como sekhem, é um termo egípcio que designa um idiofone metálico de agitação especialmente associado à música nos antigos Egito e Iraque.