Artigos

Sato, Ásia Central

Sato (ou tanbur) é um cordofone de arco com corpo em forma de meia pêra com braço longo trastejado e três cordas, com cerca de 1000 anos de história (Ásia Central). Caído em desuso, no início do século XX, o instrumento foi recriado com a atual forma por Usman Zufarov em 1937.

Zournas

Zournas (também chamada zurna, surnay, birbyne, zurla, surla, sornai, dili tuiduk ou zurna, é um aerofone de palheta dupla existente na Eurásia Central, Ásia Ocidental e Norte de África. Tem características semelhantes ao mizmar do Egito e shahnai da Índia.

Totobuang, Ásia

Totobuang é um idiofone tradicional da Ásia composto de uma série de pequenos gongos colocados horizontalmente acompanhados por gongos e tambores maiores e suspensos. Kulintang, alculintang kolintang, kulintangan, totobuang são diferentes nomes para o mesmo instrumento.

Takhe, Ásia

Takhe é um instrumento de corda tradicional da Ásia, feito de madeira, em forma de crocodilo estilizado, com 20 cm de altura e 130 cm de comprimento. Este instrumento de corda aparece assim com diferentes nomes e grafias: jakhe, chakhe, ja-khe, takhe, takkhe ou charakhe. Na Tailândia, o chakhe faz parte do ensemble Mahori, e no Cambodja o krapeu integra o equivalente ensemble Mohori, Chakhe deriva de chorakhe, que significa “crocodilo”; krapeu também significa “aligator”, ou “crocodilo”. Em Myanmar, existe um instrumento semelhante – o mi gyaung – que manteve, contudo, uma forma mais realística de crocodilo.