Artigos

Rói-rói ou berra-boi folclórico

Berra-boi é um aerofone livre mais pequeno que os rombos africanos ou o bullroarer australiano, constituído por uma peça de madeira (pequena tábua oblonga, chapa de osso, marfim, metal ou matéria plástica) ligada por um fio de nylon ou cordel a um cabo em que foi passado verniz ou cera de abelha. Por ação da mão, a vara gira no ar e o fio fricciona o cabo produzindo-se um som semelhante ao chiar de carro de bois, ou ao mugir do boi. No Nordeste do Brasil vê-se muito em feiras e tem diversos nomes: rói-rói, sonidor, zumbidor, zunidor.

baterista Alexandre Frazão

A bateria é um instrumento de percussão destinado à realização de padrões rítmicos complexos de acompanhamento, característico de combos de jazz, agrupamentos de ritmos modernos e grupos de música pop.

Museu das Bandas Filarmónicas, Região Autónoma da Madeira

O surgimento do instrumento resultou da invenção, em finais do século XIX, de vários tipos de pedais para execução de instrumentos de percussão e outros equipamentos de sonoplastia em teatros e da sua consequente adopção para a execução do bombo e de pratos suspensos em simultâneo com a prática de outros instrumentos de percussão com as mãos.

A bateria é, por conseguinte, nuclearmente constituída por bombo, caixa de rufo e pratos suspensos, aos quais são adicionados, de acordo com o gosto do intérprete ou em concordância com o estilo de música executada, outros instrumentos auxiliares.

O instrumento, com a composição simplificada acima descrita, já se encontrava em uso na década de 1920 em agrupamentos de jazz. Dos vários instrumentos auxiliares escolhidos pelos intérpretes no passado século – entre os quais os woodblocks, chocalho, agogô, buzinas, sirenes, chicote, jazz washboard, gongos, shakers e outros instrumentos exóticos – dois se estabeleceram como constituintes nucleares da bateria: os três tom-toms (roto-toms; timbales) e o prato de choque; incrementou-se ainda o uso de vários pratos suspensos, de dimensões variadas (figurando habitualmente entre os idiofones directamente percutidos da bateria os pratos “splash”, “crash” e “ride”). Para a execução do instrumento, o instrumentista recorre a baquetas/”vassouras”/macetas de vários tipos.

Museu das Bandas Filarmónicas, Região Autónoma da Madeira

baterista Alexandre Frazão
baterista Alexandre Frazão
Bloco sonoro retangular

Bloco sonoro é um idiofone de percussão direta com baqueta formado por um bloco de madeira em forma de caixa, ovo, esfera, tendo o corpo um corte ou furo que permite a vibração das suas paredes.

Bendir (Ramirez)

INSTRUMENTÁRIO DO MUNDO

Babiton

Baglama

Bagpipes

Bahèt

Bajs

Bala

Balafon

Balalaika

Balangui

Balo

Bamileke tam tam

Bandola

Bandola andina colombiana

Bandola lhanera

Bandola oriental

Bandolim

Bandoneon

Bandura

Bandurria

Banjo

Bansuri

Bapang

Bara

Barbat

Barbiton

Barbitos

Barrel organ

Basolia

Bass clarinet

Bass trombone

Bassoon

Bata Drums

Bateria

Batih

Bawoo

Bayan

Baza

Becken

Begena

Bell tree

Belt rattle

Bena

Bendi

Bendir

Bendré

Berimbau

Berra-boi

Bhaya

Bhazana-sruti

Bimli

Bin baji

Biniou kozh

Binzasara

Birbyne

Bishguur

Bituucu

Biwa

Bjo

Blockflöte

Bloco de dois sons

Bloco sonoro

Blow-organ

Bodhran

Bombanshi

Bombarda

Bombarde

Bombo

Bones

Bongós

Borrega

Bot

Botella de anís

Braguinha

Briazkalnytsia

Brinquinho

Bryolka

Buben

Bubon

Bugchu

Bugdu

Bughchu

Bughdu

Buhay

Bukhalo

Bukkehorn

Bulbul tarang

Bullroarer

Buna

Buzuki

Bendir (Ramirez)

Bendir (Ramirez)