Artigos

Gaita de foles

Gaita de foles, ou gaita de fole, é um aerofone que tem pelo menos um tubo melódico e um insuflador mediado por uma válvula ligados a um reservatório de ar; na maioria dos casos, há pelo menos mais um tubo melódico, pelo qual se emite uma nota pedal constante em harmonia com o tubo melódico. É muito utilizado nas regiões de influência celta, incluindo a Escócia, França, Espanha e Portugal.

Gaita de fole, gaiteiro infantil, França, 1575
Gaita de fole, gaiteiro infantil, França, 1575

“E do outro lado do rio andavam muitos deles, dançando e folgando, um diante do outro, sem se tomarem pelas mãos. Dançavam muito bem. Passou-se então além do rio o nosso Diogo Dias, que já foi tesoureiro da Casa Real em Sacavém e que é homem muito gracioso e folgazão. Ele levou consigo um gaiteiro dos nossos e sua gaita. Logo meteu-se com eles nas danças, tomando-os pelas mãos; e eles folgavam e riam e acompanhavam muito bem ao ritmo da gaita. Depois que muito dançara, Diogo Dias encheu-lhes de admiração com a execução de perfeitos saltos-mortais, exibição que os fazia muito rir e folgar. Como Diogo Dias, com os seus bailes, muito os segurasse e os afagasse, logo se retraíram, esquivos como os animais monteses, e se retiraram para cima do monte.”

Carta de Pero Vaz de Caminha, o primeiro documento escrito da História do Brasil.