Artigos

Sérgio Godinho

Canção dos abraços

São dois braços, são dois braços
Servem p’ra dar um abraço
Assim como quatro braços
Servem p’ra dar dois abraços

E assim por ai fora
Até que quando for a hora
Vão ser tantos os abraços
Que não vão chegar os braços

Vão ser tantos os abraços
Que não vão chegar os braços
P’ra os abraços

Intérpete: Sérgio Godinho

Sérgio Godinho
Sérgio Godinho

Da peça de Sérgio Godinho Eu, tu, ele, nós, vós, eles