Artigos

Baixo Alentejo

Casaquinha (dança marcada)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Que é da casaquinha?
(Oli doli doli dó!)
Está toda rasgada.
(Ó purum pum pum!)

Já não vai à missa,
(Oli doli doli dó!)
Sem ser amanhada.
(Ó purum pum pum!)

Letra e música: Tradicional (Ourique / Castro Verde, Baixo Alentejo)
Informantes: Manuel Bento (Aldeia Nova, Ourique) e Pedro Mestre (Sete, Castro Verde)
Recolhas: Lia Marchi (in “Caderno de Danças do Alentejo”, Associação Pédexumbo e Olaria Cultural, 2010 – p. 46-48)
Intérprete: Aqui Há Baile (in CD “Caderno de Danças do Alentejo – adaptações”, Associação Pédexumbo/Caracol Secreto, 2013)

Baixo Alentejo
Baixo Alentejo
Papoilas do Alentejo

Vai ao centro, vai ao meio!
Agora vou andar
Com meu amor em passeio;
Agora é que eu vou andar
Com meu amor em passeio.

Vá de roda, cantem todas
Cada qual sua cantiga!
Eu também cantarei…
Eu também cantarei uma
Que a mocidade me obriga.

Vá de roda, cantem todas
Cada qual sua cantiga!
Que eu também cantarei uma
Que a mocidade me obriga.

Vai ao centro!…

Moda:

Vai de centro ao centro ao centro!
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar
Com meu amor em passeio.

Com meu amor em passeio,
Com meu bem a passear,
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar…

Cantiga:

Vá de roda, cantem todos
Cada qual sua cantiga!
Que eu também cantarei uma
Que a mocidade me obriga.

Moda:

Vai de centro ao centro ao centro!
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar
Com meu amor em passeio.

Com meu amor em passeio,
Com meu bem a passear,
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar…

Moda:

Vai de centro ao centro ao centro!
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar
Com meu amor em passeio.

Com meu amor em passeio,
Com meu bem a passear,
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar…

Cantiga:

Minha mãe, p’ra m’eu casar,
Ofereceu-me uma panela;
Depois de me ver casada,
Partiu-me a cara com ela.

Moda:

Vai de centro ao centro ao centro!
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou andar
om meu amor em passeio.

Com meu amor em passeio,
Com meu bem a passear,
Vai de centro ao centro ao meio!
Agora é que eu vou… andar…

Centro ao Centro (dança de roda)
Letra e música: Tradicional (Ourique / Castro Verde, Baixo Alentejo)
Informantes: Grupo Coral e Etnográfico “As Papoilas do Corvo” (Aldeia do Corvo, Castro Verde), Manuel Bento (Aldeia Nova, Ourique) e Pedro Mestre (Sete, Castro Verde)
Recolha: Lia Marchi (in “Caderno de Danças do Alentejo”, Associação Pédexumbo e Olaria Cultural, 2010 – p. 34-35)
Intérprete: Aqui Há Baile (in CD “Caderno de Danças do Alentejo – adaptações”, Associação Pédexumbo/Caracol Secreto, 2013)

Papoilas do Alentejo
Papoilas do Alentejo