Gato

QUEM AMA BELTRÃO

[ Afinidade ]

Quem ama Beltrão,
ama o seu cão.

Quem ama o Torcato,
ama o seu gato.

Quem ama o Gonçalo,
ama o seu cavalo.

Quem ama o Hilário,
ama o seu canário.

Quem ama a Joana,
ama a sua mana.

Quem ama a Maria,
ama a sua tia.

Quem ama a Emília,
ama a sua família.

Quem ama o Albertino,
ama o seu menino.

Quem ama a Beatriz,
ama o seu nariz.

Quem ama o Edgar,
ama o seu olhar.

Quem ama o Alcindo,
acha que é muito lindo.

Quem ama o Abel,
acha que tem mel.

Quem ama a Marcela,
acha que é bela.

Quem ama o Belmiro,
acha que ele é giro.

Quem ama a Catarina,
acha que ela é fina.

Quem ama o Delmar
vai querer casar.

Quem ama a Ana Rosa,
acha-a amorosa.

Quem ama o José,
ama-o p’lo que ele é.

Quem ama a Fabrícia,
faz-lhe uma carícia.

Quem ama a Iria,
dá-lhe alegria.

SUGESTÕES

Para se memorizarem e transmitirem, os provérbios tiraram recorreram ao ritmo, rima e musicalidade.

Para começar, o professor diz os quatro primeiros duetos.

Adaptados ou não, os provérbios são uma oportunidade para jogos que ensinam e divertem.

Depois, diz o primeiro verso e todas as crianças dizem o segundo, que rima com o primeiro.

Depois, estando numa roda, as crianças passam a palma. Todos mantêm a palma da mão esquerda para cima. A esquerda recebe a palma, a direita bate, na sua vez. Sem perder a pulsação. Quando o grupo for competente, o professor introduz os quatro primeiros duetos:

Quem ama Beltrão,
ama o seu cão.

Quem ama o Torcato,
ama o seu gato.

Quem ama o Gonçalo,
ama o seu cavalo.

Quem ama o Hilário,
ama o seu canário.

Na escola ou em família podem fazer-se brincadeiras e concursos de rimas. O adulto diz o primeiro verso e a criança indicada dirá o segundo.

António José Ferreira

Gato

GatoQuem ama

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *