Tiago Simães

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Tiago Simães

Composição

Tiago Simães é natural de Guimarães, onde nasceu em 1980.

Após frequentar o Conservatório Regional de Guimarães e a Academia Valentim Moreira de Sá, ingressa na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto, onde se graduou na Licenciatura Bi-etápica em Formação Musical Específica.

Em 2004 realizou um Programa de Intercâmbio Escolar, com Bolsa de Estudos, em Trieste – Itália, onde estuda Regência Coral, Piano e Composição no Conservatório Nacional Giuseppe Tartini. Frequentou o Mestrado em Composição na ESMAE e o Mestrado em Música – especialização em Teoria e Pedagogia, na Universidade de Aveiro.

Tem participado em inúmeros projectos como artista integrante ou convidado, concertista ou maestro, a solo ou ensemble, tendo-se apresentado em diferentes palcos nacionais e internacionais e em vários estilos musicais e artísticos, sendo de destacar as actuações nos seguintes recintos: Festival Internacional de Música de Belfort (França), Castelo de Liubliana (Eslovénia), Festival da Lusofonia (Macau, China); Festival Paredes de Coura 2013; Conservatório Giuseppe Tartini em Trieste (Itália); “Dias da Música 2012”, no Centro Cultural de Belém; Maribor – Capital Europeia da Cultura (Eslovénia); Graz (Áustria); Festival Internacional de Jazz Vocal de Aarhus (Dinamarca); GoMa – Gallery of Modern Art (Bienal de Glasgow, Escócia); “Fête de la Musique” (Luxemburgo); Harlem Jazz Club de Barcelona (Espanha) entre muitos outros.

Lecciona Formação Musical e Classes de Conjunto no Conservatório de Música de Felgueiras desde 2005, tendo sido Director Pedagógico do mesmo entre 2007 e 2015.

Entre 2009 e 2014 exerce o cargo de Coordenador da Licenciatura em Educação Musical, no Instituto Superior de Ciências Educativas de Odivelas – Pólo de Felgueiras. Leccionou durante esse período e nessa mesma instituição as disciplinas de Linguagens Musicais, Pedagogia Musical, Regência Coral e Práticas Vocais e Instrumentais.

Foi Director Artístico e Programador da Associação Círculo de Arte e Recreio, entre 2009 e 2013.

Colaborou activamente na organização e execução do evento Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, tendo sido convidado a integrar o Projecto da Área de Comunidade “Outra Voz” como Regente Coral. Ainda durante o referido evento foi convidado a participar como compositor, podendo destacar de entre as suas composições o tema sinfónico intitulado “Guimarães 2012 – Obra para Orquestra e Coro” interpretado pela FOE (Fundação Orquestra Estúdio).

Foi membro da Direcção do Projecto Tempos Cruzados, o qual preparou e executou a programação artística e cultural do conselho de Guimarães durante o período de 28 meses que englobou o evento Guimarães CEC2012, visando essencialmente o carácter associativo das actividades.

Enquanto membro directivo da Associação Convívio – entre 2011 e 2013 – é co-fundador e criador da Escola de Jazz do Convívio (Outubro de 2012), da qual foi docente das disciplinas de piano, coro e formação auditiva, tendo sido Director Pedagógico até 2014.

É fundador do festival “O Verão é Jazz!” a decorrer durante o mês de Julho em Guimarães sob coordenação da referida associação. Em 2013 cria o B-JAZZ: Convívio Jazz Choir, do qual é Maestro e Director Artístico até ao presente. Em 2012 e 2013 colaborou com Tim Steiner e Ricardo Baptista (Festival do Norte/Turismo Norte de Portugal) na organização e execução dos eventos “Big Bang” e “Operação Oliveira”, na função de chefe de naipe.

Colabora activamente com inúmeros projectos musicais de todas as áreas, enquanto produtor, músico de estúdio ou/e performer. É co-responsável pela componente musical do Festival Guimarães Noc Noc, um evento que visa a promoção e divulgação de arte, produzido e realizado pela Ó da Casa! Associação Cultural.

Foi membro da Direcção Executiva e Coordenador do FMRG (Festival de Música Religiosa de Guimarães) desde a sua fundação até 2017 e exerceu as funções de coordenador do FIGG (Festival Internacional de Guitarra de Guimarães) entre 2016 e 2018.

Foi co-regente e membro do projecto Mátria, em parceria com a UTAD e com o Conservatório de Música de Vila Real.

Exerceu as funções de co-gestor e programador do São Mamede Centro de Artes e Espectáculos até Fevereiro de 2018 e, no mesmo mês foi Director Musical do espectáulo “Humanário”, no âmbito do GuiDance (Festival de Dança Contmporânea de Guimarães), em colaboração com o coreógrafo e bailarino Rui Horta.

Paralelamente à carreira de compositor, músico e pedagogo, é empresário (em vários sectores de actividade) tendo aberto a empresa AMVJ Produções em 2017 e sendo actualmente CEO da Relogio de Ideias Produções.

É programador do evento anual “Os Clássicos vão ao Interior”, em parceria com a CARB – Cooperativa Artística da Raia Beirã.

Escreve regularmente crónicas, textos e artigos de opinião para vários suportes. Vai publicar o seu primeiro livro de poesia, com o título “Todos os dias ou não” (Astronauta Editora) em Março de 2020.

[ Bio facultada por Tiago Simães e publicada na Meloteca a 21 de janeiro de 2020 ]

[ Músicos naturais de Guimarães ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook