Tiago Oliveira, clarinete

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Tiago Oliveira

Clarinete

Nascido em Oliveira de Azeméis, Tiago Filipe Brandão Oliveira entrou para a Academia de São João da Madeira com 12 anos, onde ingressou na classe de instrumento, Clarinete, na turma de Alberto Vieira. A partir dos 16 anos começou a assistir e a participar em classes de aperfeiçoamento com professores bastante conceituados como António Saiote, Juan Ferrer, Marino Calva, Ricardo Alves, Ricardo Freire, Valdemar Rodriguez, Vitor Pereira, Carlos Alves, Alfonso Pineda, António Parejo. Também participou no 5º Festival Art and Cult e no estágio de Banda com o maestro José Ignácio Petit.

Neste momento finalizou a licenciatura na Escola Superior de Artes de Castelo Branco na classe de Carlos Piçarra Alves e Pedro Ladeira em Clarinete. Leccionou na Instituição Banda de Música dos Bombeiros Voluntários de Arrifana de 2010 até 2015 a classe de clarinetes.

Em 2014 participou na “primeira masterclasse internacional de clarinete em Castelo Branco”.

Foi reforço de Clarinete Baixo na “Orquestra de Sopros Portuguesa”.

Em 2015 participou no V Festival de clarinete em Aveiro onde teve aulas com os prestigiados Justo Sanz e Josep Fuster e ainda, como ouvinte, Alain Damiens.

Participou na Orquestra Nacional de Sopros como primeiro clarinetista.

Em 2016 foi selecionado como clarinetista suplente, a frequentar o estágio de Verão da Orquestra Jovem da Gulbenkian.

Em 2017 ficou em terceiro no concurso Folefest na variante Música de Câmara com o grupo “Dubium”. Ainda em 2017 ficou em 3º lugar no concurso “Sons de Cabral”, variante solo.

Em 2018 ficou em segundo (primeiro não atribuído) no concurso do Fundão variante Música de Câmara com guitarra, com o grupo Oliveirrat.

Lecciona na Banda de Música de São João da Madeira.

[ Bio publicada na Meloteca a 05 de junho de 2019 a partir do III Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de S. Pedro de Alva ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook