Tiago Cassola guitarra

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Tiago Cassola

Guitarra

Tiago Cassola Marques é um músico, concertista e professor de guitarra e de música de câmara no Conservatório de Música do Porto e na Escola Profissional de Música de Espinho.

Formou-se no Conservatório de Música de Aveiro e na Escola de Música do Conservatório Nacional em Lisboa, e está diplomado pelo Conservatório Superior de Música de Salamanca com altas classificações, tendo frequentado também o Conservatório Morlacchi de Perugia, Itália.

Obteve o grau de mestre em ensino da música pela Universidade de Aveiro, sob orientação de Paulo Vaz de Carvalho, com a tese “Leo Brouwer – contributos para a pedagogia guitarrística”.

Ao longo da sua formação foi aluno dos professores Miguel Lélis, Carlos Abreu, Paulo Amorim, Dejan Ivanovic, Hugo Geller e Leonardo de Angelis, e frequentou classes de alto aperfeiçoamento com artistas de renome tais como Roberto Aussel, Ricardo Gallén, Álex Garrobè, Joaquín Clerch e Fábio Zanon.

Foi solista por diversas vezes com a Orquestra de Cordas do Conservatório Nacional de Lisboa, com a Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins e com a Banda Filarmónica de Famalicão. Acompanhou os sopranos Susana Gaspar, Maria Eugenia Boix e Ana Barros.

Com o músico Eduardo Baltar Soares fundou em 2008 o Baltar Cassola Guitar Duo, com o qual desenvolveu projectos artísticos invulgares, apresentados em numerosos palcos nacionais e internacionais em quase uma centena de concertos até à data, e estreou obras dos compositores Fernando Lapa, Nuno Peixoto de Pinho, Eugénio Amorim e José Peixoto.

Com música e filme de Joaquim Pavão, gravou parte da banda sonora da pluripremiada curta-metragem “Antes que a Noite Venha – Fala de Antígona”.

Dos festivais onde atuou destacam-se o “XXIV Festival de Guitarra de Ponferrada” (Espanha), “MUSA – Assisi Music Festival 2015” (Italia), “Giardini della Filarmonica Romana” (Roma), “Fest’Latino 2012” (Paris), e concertos em muitas outras cidades francesas como Lille, Bordeaux, Aix-en-Provence, Poitiers e Nice, o “Festival de Primavera” (Salamanca), “Festival Internacional de Música de Medinaceli 2008” (Espanha), “Festivais de Outono” (Aveiro), “Festival em Rotação” (Caminha), “Ciclo de Música Antiga no Douro” e “Ciclo Seis Cordas | Seis Momentos” (Santo Tirso).

Em 2017 foi convidado como membro efetivo da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins, efetuando desde então mais de duas dezenas de concertos e com destaque para os concertos na Casa da Música em 2017, bem como as digressões em Segóvia e Valladolid em 2018.

É ainda convidado frequentemente para membro de júri em festivais e concursos, tais como o “Festival Internacional de Guitarra de Guimarães”, “Festival Internacional de Guitarra de Amarante”, “Guitarrismos – Concurso Nacional Cidade de Gaia”, Concurso “Maestro Ivo Cruz” (Maia) e Prémio Bomfim (Companhia da Música, Braga).

29 de outubro de 2018

Partilhe
Share on Facebook
Facebook