Tiago Azevedo

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Tiago Azevedo

Violoncelo

Tiago Azevedo nasceu em Areosa, Viana do Castelo, em 1993. Iniciou o seu percurso no violoncelo, em 2006, com o professor Iminas Kucinskas na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, nas disciplinas de instrumento e música de câmara, onde se graduou em 2011.

Em 2010, obteve o 3º prémio ex-aequo, na categoria solo, no concurso interno escolar Concurso de Primavera.

Prosseguiu os seus estudos em performance de violoncelo na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo no Porto, em 2011, na classe de Filipe Quaresma, onde se licenciou em 2015.

Em música de Câmara, teve oportunidade de trabalhar com os professores Jorge Alves e Ryszard Wóycicki, participando em festivais de música de câmara como o Festival HARMOS, com quinteto de cordas e clarinete e com o sexteto de cordas “SAREK”, festival PianoPorto 2015, participação no programa da RTP 2 “Grande Valsa” e concertos para o Euroclassical e o festival ESMAE, com o trio Insomnia e em coro de câmara.

A nível orquestral, integrou a Orquestra Sinfónica da EPMVC, Orquestra Clássica de Espinho, Orquestra Sinfónica da ESMAE, Orquestra Sinfónica da ESART, Orquestra APROARTE, Banda Sinfónica Portuguesa, entre outras. Trabalhou com vários solistas de renome nacional e internacional, tais como Bernardo Sassetti, Dimitri Bashkirov, Chloë Hanslip, Ana Bela Chaves, Daishin Kashimoto, Claudio Bohorquez e Éric Le Sage.

Participou também em projectos de ensemble como o Ensemble I&D, projecto da ESMAE destinado à interpretação de música contemporânea, ARTWAY Orchestra em colaboração com Antony and the Johnsons, e gravação de estúdio em colaboração com artistas como DD Peartree, Miguel Araújo, ATOA e NOVA, assim como participação nas bandas sonoras dos filmes “Canção de Lisboa”, “O Cônsul de Bordéus” e “Quadrado de Amor Bizarro”. Colaborou na realização do projecto Qualia – Aplicação Digital de Orientação para Meta Improvisação, sob direcção de Manuel Brásio.

Apresentou-se a solo com a Orquestra da ESMAE, e a orquestra de Câmara Divertimento de Ponteareas, em Espanha e frequentou masterclasses de violoncelo com vários professores, dos quais se destacam Marti Roussi, Cedric Conchon, Johannes Moser, Miguel Rocha, Clélia Vital, Maria de Macedo e masterclasses de música de câmara, com o Europa String Quartet, Quarteto Freitas Branco e Anton Kernjak.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook