Tiago Abrantes clarinete

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Tiago Abrantes

Clarinete

Tiago Abrantes fez os seus estudos musicais na Sociedade Musical Alvarense (Águeda), no Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian, na Escola Profissional de Música de Espinho e na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto, onde concluiu a Licenciatura.

Estudou clarinete com Américo Fernandes, Fernando Raínho, Nelson Aguiar, António Saiote, Luís Carvalho, Nuno Pinto. Frequentou várias masterclasses de clarinete, nomeadamente com Phillipe Cuper, Guy Deplus, Michel Arrignon, Enrique Perez Piquer, António Saiote.

Tem colaborado com várias orquestras, nomeadamente Orquestra de Jovens Músicos de Aveiro94, Orquestras da EPME, Orquestra Invicta de Clarinetes All Stars, Orquestra Sinfonieta da ESMAE, Orquestra de Câmara de Pedroso, Orquestra Nacional dos Templários, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra do Norte, Orquestra Clássica do Centro, Banda Sinfónica Portuguesa, Fundação Orquestra Estúdio Guimarães, Orquestra Sinfónica Casa da Música do Porto, Orquestra Filarmónica Portuguesa, onde tem trabalhado com maestros de renome internacional.

É membro dos Clarinetes Ad Libitum.

Colabora, como músico/ator, com a Companhia Peripécia Teatro, na Peça Novecentos – O Pianista do Oceano.

Participou em vários registos discográficos, nomeadamente Sinfonias nºs 3 e 4 de António Victorino D’Almeida, Pulsar e Dentro desse Mar dos Danças Ocultas, Contradanza e Desconcerto dos Clarinetes Ad Libitum.

Mantém uma intensa atividade de música de câmara, integrando diversas formações. Orienta frequentemente classes de aperfeiçoamento de clarinete.

Integra regularmente o júri em concursos de clarinete, tendo sido presidente do júri no VII Concurso Nacional Jovens Clarinetistas da APC.

Com vasta experiência no ensino do clarinete, lecionou no Conservatório de Música de Águeda, Conservatório do Vale do Sousa, Escola de Artes da Bairrada, Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian e Fundação Conservatório Regional de Gaia.

A sua atividade musical levou-o a percorrer todo Portugal continental (e Madeira), Espanha (e Ilhas Canárias), França, Alemanha, Bélgica, Holanda, Itália, EUA, China, Brasil.

Paralelamente ao clarinete, frequentou vários cursos de direção de orquestra com os maestros António Saiote, Robert Houlihan e Jean-Marc Burfin, tendo sido maestro no V Estágio da Banda Sinfónica da Bairrada e no I Estágio da Orquestra de Sopros do CVS.

Em 2016, concluiu o Mestrado em Música de Conjunto, no Conservatório Superior de Música de Gaia, com a tese “Mozart e a Importância do Saber”.

É, desde 2013, professor de clarinete efetivo no Conservatório de Música do Porto.

Tiago Abrantes toca com clarinetes Buffet Crampon e usa palhetas D’Addario.

[ Bio facultada por Tiago Abrantes e inserida a 23 de janeiro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook