Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Teresa Valente Pereira

Violoncelo

Teresa Valente Pereira nasceu em 1982 e iniciou os estudos de Violoncelo com Alberto Campos e Maria José Falcão, continuando a sua formação com Paulo Gaio Lima na Academia Nacional Superior de Orquestra de Lisboa.

Nos primeiros anos de aprendizagem, participou em cursos de aperfeiçoamento com Miguel Rocha, Marcio Carneiro, Jeroen Reuling, Radu Audulescu e Xavier Gagnepain, que foram descobrindo o seu talento musical.

No ano lectivo de 2001-2002, ingressou a Escola Superior de Música Rainha Sofía, na Classe de Violoncelo Sony, onde estudou com a professora titular, Natalia Shakhovskaya, como bolseira da Fundação Carolina e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Como aluna desta instituição, participou em cursos de aperfeiçoamento de violoncelo, com Natalia Gutman, Steven Doane, Philippe Müller, Veronika Hagen, David Geringas, Miklós Perényi e Tsuyoshi Tsutsumi, e de música de câmara, com Ralf Gothoni, Bruno Canino, Rainer Schmidt e Walter Levin. No ano lectivo de 2002-2003, foi a melhor aluna da classe de violoncelo.

Como membro da Orquestra de Câmara Freixenet da Escola Superior de Música Rainha Sofía, tocou sob a direcção de James Judd, Péter Csaba, Jesús López-Cobos, Enrique García Asensio, Jordi Savall, Antoni Ros-Marbà, Miguel Ángel Gómez Martínez e Hansjörg Schellenberger. Participou no Encuentro de Música y Academia de Santander, nas edições de 2002 e 2004.

Conquistou primeiros prémios nos concursos da Juventude Musical Portuguesa (1992 e 1995), no Concurso de Interpretação do Estoril (2002) – onde em 1996 já tinha recebido o 3º Prémio – e no Prémio Jovens Músicos (1998) que, no ano 2000, lhe permitiu participar no European Music for Youth Prize, de Oslo, onde foi também primeira classificada. As duas participações no Concurso Internacional Julio Cardona, na Covilhã, saldaram-se com um 2º Prémio e Prémio para a Melhor Interpretação da Peça Obrigatória, na Categoria B, em 1997, e com o 2º Prémio e Prémio do Público, na Categoria A, em 2003.

Teresa Valente Pereira tocou na Orquestra Portuguesa das Escolas de Música e na Orquestra Juvenil Europeia, sob a direcção de David Strange, Lütz Kohler, Sir Colin Davis e Vladimir Ashkenazy. Como solista, tocou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Metropolitana, a Orquestra Freixenet da Escola Superior de Música Rainha Sofía e a Orquestra da Academia de Santa Cecília, em Roma. Actuou também em Paris, a convite da associação Les Nouveaux Talents e no Centro Cultural Gulbenkian. Em 2002 gravou o seu primeiro CD, com o pianista Bruno Belthoise.

06 Fevereiro 2006

Partilhe
Share on Facebook
Facebook