Sérgio Azevedo

Contactos

Clique no botão, se quiser apresentar os seus contactos no site Meloteca.

Sérgio Azevedo

Composição

Sérgio Azevedo nasceu em Coimbra em 1968. Fez estudos particulares de piano a partir de 1974 e estudos de Guitarra, Formação Musical e Composição na Academia de Amadores de Música, em Lisboa (composição com Fernando Lopes-Graça) entre 1975-1987. Concluiu o bacharelato em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, em 1990, com 19 valores a Composição (Constança Capdeville) e Licenciatura em Composição em 2000 com 20 valores a Composição (Christopher Bochmann). Teve a bolsa “Jovens Criadores” do Centro Nacional de Cultura (CNC) entre 1991-1992. Participou em seminários e cursos de composição com Emmanuel Nunes, Tristan Murail, Philippe Manoury, Jorge Peixinho, Gilbert Amy, Robert Sherlaw-Johnson, Louis Andriessen, Luca Francesconi e Mary Finsterer.

Foi membro da direcção da Academia de Amadores de Música entre 1994-1995 e vice-presidente e membro do conselho artístico da Academia entre 1998-2000. Colaborou com a RDP como autor de diversos programas entre 1993-1999 e de novo entre 2002-2003. Escreve frequentemente para diversas publicações musicais como Arte Musical, Revista Portuguesa de Musicologia, Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX, ISCM New Music Magazine, ou The New Grove Dictionary of Music and Musicians, entre muitas outras. Escreve também regularmente para o IPAE (notas para CD’s) e colabora com diversaos festivais e instituições (notas de programa para CNB, Festival de Espinho, Fine Arts, Naxos).

Foi professor na Academia de Música Luísa Todi, Academia de Amadores de Música e na Orquestra Metropolitana de Lisboa entre 1987- 1995. É desde 1993 professor do curso de composição na Escola Superior de Música de Lisboa. É membro do Centro de Estudos Sociais e de Estética Musical (CESEM) desde 1998.

Escreveu dois livros: A Invenção dos Sons (Caminho, Lisboa 1999) e A Escadaria Íngreme – Aforismos (Quasi Edições, Porto 2004), e prepara para 2005 mais duas publicações (sobre Olga Prats e Christopher Bochmann). Em 2002 foi convidado para membro do juri do 3rd International Composition Contest Euritmia (Itália).

Foi membro do juri dos concursos do IPAE (2003, Lisboa – Portugal), membro do juri do 8th Prémio de Composição Fernando Lopes-Graça (2003, Cascais – Portugal), membro do juri do VII Concurso de Piano Florinda Santos (2004, São João da Madeira – Portugal), e membro do juri do Prémio Internacional de Composição Fernando Lopes-Graça (2006, Cascais – Portugal), integrado nas comemorações do centenário do nascimento do compositor. Director artístico do festival Os Dias da Nova Música Portuguesa I and II (2003, Condeixa – Portugal, 2004, Coimbra – Portugal) e director artístico do Ciclo de Música de Câmara / Sons de Setembro (2004, Cascais – Portugal). Prémios e distinções: 1º Prémio Joly Braga-Santos 1991 (orquestra), 1º Prémio Joly Braga-Santos 1991 (música de câmara), 1º Prémio Juventude Musical Portuguesa 1992, United Nations Prize 1994, 1º Prémio Joly Braga-Santos 1994, 1º Prémio Fernando Lopes-Graça 1997, 1º Prémio Fernando Lopes-Graça 1998, 2º Prémio Schiedmayer Internationalen Kompositionswettbewerb (Stuttgart – Germany) 1998, Menção Honrosa (CPM) 1989, Menção Honrosa (CML) 1992, Menção Honrosa (CMP) 1996, Menção Honrosa (Corué) 1998, Menção Honrosa (CMC) 2001, seleccionado para a final do Prémio Fidelidade 1992, seleccionado para o International Rostrum of Composers (UER, Paris) 1992, 1999 e 2000, seleccionado para representar a Europe no International Composition Contest Forum 98 (Montréal – Canada) 1998 e seleccionado para o CD do Forum, seleccionado para a final do Concours Internationale de Composicion Journées Internationales de la Jeune Musique – Ensemble Télémaque (Marseille – France) 1998 e para o CD do concurso, seleccionado para o International Piano Music Festival PPianissimo (Sofia – Bulgaria) 1999, seleccionado para o 1º Estúdio Coreográfico da Companhia Nacional de Bailado e vencedor dos dois prémios: Melhor Bailado e Melhor Música para Bailado, em 1999, seleccionado para a 3ª edição do London New Wind Festival – New Wind Chamber Ensemble (London – UK) 2000, seleccionado para o “Exploratory Music From Portugal ’02”, CD da revista de música Songlines (London – UK) 2002, proposto para o Grawemeyer Composition Prize 2004 – patrocinado pelo maestro José Ramon Encinar e a Orquesta de la Comunidad de Madrid.