clarinetista Sandra Sousa

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Sandra Sousa

Clarinete

Nascida em Lisboa em 1990, Sandra Sousa é atraída pela multiplicidade de estilos e instrumentos da família do clarinete. Vencedora de vários concursos, como o 1º Grande Prémio do Concurso Internacional de Clarinetes de Vélizy – Villacoublay, atuou com várias orquestras e ensembles como a Brussels Philharmonic Orchestra, Le Cercle de l’Harmonie, Le Palais Royal, Ensemble Écoute, Ensemble Diderot, Ensemble Sillages, Theresia Youth Orchestra, tanto como clarinetista (sistema boehm), como também em clarinetes de época.

Graduada com um Mestrado em Clarinete Moderno no Conservatoire Royal de Bruxelles, com distinção, estudou aí igualmente pedagogia, e graduou-se com o Mestrado em Clarinete Histórico com Eric Hoeprich e Certificado em Clarinete Baixo com Alain Billard no Conservatoire National de Musique et de Danse de Paris. Nesta última instituição, pode aperfeiçoar-se nos instrumentos clássicos e românticos da família do clarinete, bem como o cor de basset cromático, bem como fez um trabalho de investigação e consequente redação de artigos sobre José Avelino Canongia.

Na sua atividade como pedagoga, ela também intervém nas orquestras DEMOS – Philharmonie de Paris, bem como em outras escolas, assim como leciona classes de aperfeiçoamento através da Orquestra Sinfónica Divertimento.

Como instrumentista de câmara, é membro de vários grupos de geometria variável, como Ensemble Écoute e Gavarnie Ensemble. Apresenta-se regularmente na França e no estrangeiro.

Em 2017-2018, gravou uma série de televisão “Philharmonia” com músicos da Orquestra Nacional de Ile de France, que passou no canal France 2 (França), RTP2 em Portugal e outros países como Espanha e Bélgica.

Gravou recentemente como solista em clarinete histórico o 4º Concerto para Clarinete e orquestra de José Avelino Canongia (1ª gravação da obra deste compositor em instrumentos históricos).

Sandra Sousa é bolseira das Fundações Rhim D’Or, Nguyen Thien Dao, CROUS, Fondation de France, Fundação Meyer e atualmente vive em Paris, onde prossegue a sua carreira internacional.

[ Bio facultada por Sandra Sousa e publicada a 23 de agosto de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook