Sandra Azevedo, canto e direção, créditos Inspiring Stories

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Sandra Azevedo

Direção coral . Canto

Natural de Guimarães, Sandra Azevedo iniciou os estudos de piano aos três anos com o seu pai. Aos cinco anos foi para a Academia de Música de Barcelos, onde permaneceu até aos oito, altura em que ingressou o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. Em 2001 concluiu o 5ºgrau de piano e em 2004 terminou o curso complementar de canto.

Obteve um primeiro e um segundo prémio nos concursos regionais de piano, organizados pelo Conservatório de Música Calouste Gulbenkian.

Tem participado em vários concertos como solista e como acompanhante, tem também participado nos encontros anuais de Jovens Músicos de Guimarães, organizados pela Academia de Música Valentim Moreira de Sá, desta cidade.

Colabora como cantora e organista, nomeadamente com o Coro Assanes da Vila de Prado, Coro Litúrgico de Joane e o Orfeão de Guimarães. Dirigiu o coro Infanto-Juvenil da Paróquia da Lage, Vila Verde, e dirige atualmente o Coro Litúrgico de Gavião, Famalicão, é organista do Coro Litúrgico de S. João de Vizela e Requião. Dá também formação vocal ao coro da Santa casa da misericórdia de Vila Verde.

Leciona as classes de conjunto e técnica vocal na Academia Valentim Moreira de Sá, pólo de Vieira do Minho, e é Diretora Artística do Coro Juvenil deste concelho. Com os seus alunos já coordenou os seguintes musicais: “Bela e o Monstro” da Disney, “Música no Coração” e “Lenda das Três Árvores”.

Leciona também na Academia de Música Comendador Albano Abreu Coelho Lima de Pevidém, as classes de Técnica Vocal e Coro onde também apresentou a opereta infantil “Lenda das Três Árvores” o musical ” Os Palhaços”,” Música no coração”, “ Bela e o Monstro” e “Rei Leão”.

Dirige o Coro de Câmara desta instituição. Com a Sociedade Musical de Pevidém já actuou em vários concertos tanto com a Banda Musical de Pevidém como com a Orquestra Juvenil de Pevidém salientando-se o “ Sons da Liberdade” e os concertos do 10 de junho.

Frequenta o terceiro ano do curso de canto da Escola Superior de Música Artes e Espetáculos do Porto na classe de Rui Taveira mas trabalhou também com Sara Braga Simões, Elisabete Matos, Paulo Ferreira, Isabel Alcobia e frequentou classes de aperfeiçoamento com: Job Tomé, Ulrike Sonntag e Susan Watters.

Já colaborou em diversos projetos, nomeadamente as óperas “Mahagonny , Sete Pecados”, interpretando a personagem Anna e “Os Três Vinténs” interpretando Lucy de Kurt Weil. A ópera “Orfeu nos Infernos” de Offenbach tendo como personagem Diana. Participou também na Paixão Segundo São João, Oratória de Natal e Magnificat de Bach e Vésperas Lauritaneas de Mozart como solista e como coralista do Coro de Câmara da ESMAE, dirigida por Barbara Frank, e no Te Deum de M. A. Charpentier com a Orquestra Sine Nomine sob a direção de Artur Pinho Maria. Participou no Concerto de Encerramento da Guimarães2013 CED – Cidade Europeia do Desporto com a Orquestra Juvenil de Pevidém sob direção de Vasco de Faria. Cantou no coliseu do Porto como solista a obra “Dona Nobis Pacem” de Vaughan Williams com o coro da ESMAE e ESE e com a Orquestra Sinfónica da ESMAE sob direcção de Andreas Stoehr.

Integra o coro Capella Duriensis que organiza anualmente o curso de Verão Summer singing onde trabalhou com: Vítor Lima, Mário João Alves, Jonathan Ayerst, José Carlos Miranda, Simon Carrington fundador dos Kingsingers e Alan Wodbridge.

Integra também o coro AVE (direcção: David Barros) e Ad Libitum ( direcção: Ricardo Luis Campos).

Faz parte do projecto TetrAcord’Ensemble.

Com a Companhia Vozes do Corpo participou como formadora vocal no musical “Vaiana”, “A Bela e o Monstro” e “Pinocchio”.

Partilhe
Share on facebook
Facebook