Rossana Valente, flautista, de Aveiro

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Rossana Valente

Flauta transversal

Rossana Valente nasceu em Aveiro, em 1997, e iniciou os estudos musicais aos 6 anos no Conservatório de Música de Águeda. Um ano mais tarde, no mesmo conservatório, iniciou-se na aprendizagem de flauta na classe de Herlânder Sousa.

Em 2015 ingressou na Academia Nacional Superior de Orquestra, na classe de Nuno Inácio, onde se licenciou com obtenção de nota máxima no recital final e, em 2020, aluna de Robert Winn, obteve com distinção o grau de Mestre em Música pela Hochschule für Musik und Tanz Köln.

Como aluna, participou em classes de aperfeiçoamento com Adriana Ferreira, Ana Maria Ribeiro, Emily Beynon, Marta Gonçalves e Nuno Inácio e participou na temporada 2015/16 da Jovem Orquestra Portuguesa e nas edições de 2018 e 2019 da Orquestra Estágio Gulbenkian.

Ao longo do seu percurso profissional tem vindo a colaborar com orquestras nacionais e internacionais, como a Orquestra Metropolitana de Lisboa, Lisbon Film Orchestra, Orquestra de Câmara de Almada, Orquestra Filarmónica Portuguesa, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Neue Philharmonic Westfalen e Ensemble Colonia, sendo dirigida por maestros como Alexander Rumpf, David Smith, Dietrich Paredes, Eivind Gullberg Jensen, Emilio Pomàrico, Evgeny Bushkov, Jean Marc Burfin, Joana Carneiro, Jonas Alber, Michael Zilm, Pedro Amaral, Pedro Carneiro e Pedro Neves.

Os seus esforços e empenho conferiram-lhe a atribuição de inúmeros prémios e reconhecimentos, entre eles o 2º Prémio Hochschulinternen Wettbewerbs, no ano de 2020, o 2º Prémio do Festival Verão Clássico 2018 e o 1º Prémio do Concurso Prémio Inatel Metropolitana que, atribuído no mesmo ano, lhe permitiu estrear-se a solo com a Orquestra Académica Metropolitana, tocando o Concerto para Flauta de Carl Reinecke no Auditório da Reitoria da Universidade Nova e no Fórum Municipal Luísa Todi.

Adicionalmente, Rossana Valente foi premiada com várias bolsas, como a bolsa Rotary Club de Portugal e a bolsa Fundação GDA – Gestão do Direito dos Artistas, ambas entre os anos de 2018 e 2019, e a bolsa Fundação Calouste Gulbenkian, entre os anos de 2019 e 2020.

Rossana Valente é Academista na Orquestra Essener Philharmoniker, participando ativamente em vários programas sinfónicos e óperas integrantes da temporada 2021/22.

Realiza o Konzertexamen na classe de Robert Winn, na Hochschule für Musik und Tanz Köln, que lhe confere o mais alto nível de pós-graduação oferecido por este estabelecimento de ensino.

Bio facultada por Rossana Valente, publicada na Meloteca a 22 de fevereiro de 2022.

Músicos de Aveiro

Clique AQUI para saber mais sobre músicos do Concelho.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook