Roberto Perez, maestro

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Roberto Perez

Direção de orquestra

Roberto Perez nasceu em Buenos Aires em 1958.

Estudou guitarra clássica, e depois piano a partir dos 8 anos de idade.

Desde 1973 até 1983 estudou piano com Zbigniew Neuhoff, e desde 1975 até 1978 composição com Jacobo Ficher.

Em 1984 obtém a Licenciatura em Direcção de orquestra na Faculdade de “Artes y Ciencias Musicales” da Universidade Católica Argentina.

A partir de 1984 realiza cursos de aperfeiçoamento nas áreas da direcção, análise, música de câmara, música antiga em Buenos Aires, Brasília, Zlin, etc.

Em 1983 cria em Buenos Aires a “Orquesta de cámara de la Manzana de las Luces” com a qual trabalhou até 1987. Entre outras formações fundou e dirigiu a “Camerata Haydn”, a “Camerata de las Luces”, “Madeira Camerata”, “Camerata de Esproarte”, etc.

Dirigiu orquestras como; Orquestra Sinfónica da UCA (Ar), Sinfónica de Bahia Blanca (Ar), Sinfónica de San Juán (Ar), Sinfónica de Avellaneda (Ar), Orquestras dos CIVEBRAS X e XII (Brasil), Sinfónica da UFBA (Brasil), Orquestra de Zlin (Rep. Checa), Nacional de Porto, Sinfónica Juvenil (Port), Orquestra Clássica da Madeira da que foi maestro titular desde 1995 até 2000, Orquestra Sinfónica de ESPROARTE (1999-2002), Orquestra Sinfônica de  Goiânia (Brasil), Orquestra Sinfónica de Castilla y León (Espanha), Orquestra de ARTAVE, Orquestra Nova Amadeus (Roma-It.), EvorEnsemble, Grupo de Música Contemporânea da ESML, Orquestra Sinfônica da EPMVC, Nova Orquestra de Lisboa, Orquestra de cordas da Escola Profissional de Música da Beira Interior, Collegium Musicum de Portimão e Orquestra da Universidade do Minho.

Como professor deu aulas na FCAM da UCA (Ar), Universidade do Museu Social Argentino (Ar), Escola de Música de Brasília (Br), Universidade Federal da Baia (Br), Universidade Federal de Goiânia (Br), Universidade de Aveiro (Port), ESART (Port), Escola Superior de Música de Lisboa onde ainda hoje é professor (Port), Universidade de Évora, Instituto Superior Afonso III, etc.

Tem gravado dois CD’s, com a Orquestra Clássica da Madeira e com a Orquestra de Esproarte, com obras de Bruckner, Tchaikovsky, Saint-Saëns, Debussy, Hindemith, Piazzolla, Lindembergue Cardoso e Haydn.

Foi editado na madeira o CD Aquarium que inclui realizações livres para coro a capela de canções tradicionais do arquipélago.

Teve ao seu cargo a composição da musica para o CD Retrato, que ilustra o estudo de Manuel Dias Nunes a cargo do Dr. Paulo Lima.

Tem estriado obras de: Gustavo Jurio, Gustavo Davico, Hernán Cibils, Christopher Bochmann, Lindembergue Cardoso, Nuno Henriques, Josep Soler, Phillip Martin, Roger Price, Sérgio Azevedo, Boris Papandopulo, Walter Schultz Portalegre, Alberto Nepomuceno, Lindembergue Cardoso e Ernst Widmer e João Arroyo e jovens compositores portugueses como Manuel Durão, Tiago Derriça e Gonçalo Gato, Nuno da Rocha (entre outros)

Escreveu trabalhos para os cursos de Análise, Orquestração, Direcção Coral e colaborações para revistas em Portugal, Brasil e a República Argentina.

Como compositor estreou obras em Argentina, Portugal e Itália.

Desde 1988 está radicado em Portugal.

Actualmente é professor na Escola Superior de Musica de Lisboa.

Orientou os cursos de Direcção Instrumental no Eborae musica entre 2006 e 2010.

Desde a edição 2008 é Júri do Concurso Internacional para Jovens Compositores, e maestro responsável pela direção das obras premiadas.

Em 2009 culminou o seu doutoramento: Lindembergue Cardoso, técnicas e atitudes composicionais, o estudante e o compositor, na Universidade de Évora sob a orientação do Professor Doutor Christopher Bochmann.

Entre Outubro de 2009 e Agosto de 2010 foi responsável pelas Unidades Curriculares de Orquestração aplicada, Harmonia, Contraponto, Análise, Direcção Coral, Composição pedagógica e Oficina de Musica na Licenciatura de Formação Musical do INUAF-Instituto Superior Afonso III no Algarve.

Desde 2009 é membro da UnIMeM (UE) e do Centro de Investigação em Ciências da Educação e Formação do INUAF.

Desde Setembro de 2010 até Setembro de 2015 é Professor Auxiliar no Departamento de Música da Universidade de Évora.

Em 2013 colabora com a Publicação A Symphony of Flavours: Food and Music in Concert, para a Universidade de Cabo Verde.

Entre 2012 e 2013 desenvolveu uma série de conferências na Biblioteca José Saramago e no Teatro Pax Júlia de Beja, destacando-se: Música e café, música e vinho e O amor na música.

Desde 2010 orienta doutoramentos e mestrados na Universidade de Évora.

Desde 2012 vem criando materiais didácticos para o ensino de diversas disciplinas, teóricas e práticas, utilizando música de tradição oral alentejana.

Em 2014 e 2015 realizou acções de formação sobre composição e direcção para a secretaria de educação da Ilha da madeira.

Em Junho de 2015 passa a ser coordenador da parte artística do CEDIM, Centro de Estudos e Divulgação Musical, extensão do Conservatório Regional do Baixo Alentejo.