cantor Roberto Leal

Roberto Leal

Cantautor

Roberto Leal, nome artístico de António Joaquim Fernandes, (Macedo de Cavaleiros, 27 de novembro de 1951 – São Paulo, 15 de setembro de 2019) foi um cantor, compositor e ator português radicado no Brasil. Era considerado embaixador da cultura portuguesa no Brasil. Ao longo da carreira de mais de 45 anos, vendeu quase 25 milhões de discos e ganhou trinta discos de ouro, além de cinco de platina e quinhentos troféus.

Roberto Leal emigrou para o Brasil aos onze anos, em 1962, juntamente com os pais e nove irmãos. Na cidade de São Paulo, após trabalhar como sapateiro e comerciante de doces, iniciou a carreira de cantor de fados e músicas românticas.

Em 1971 obteve o seu primeiro grande sucesso com “Arrebita”, conhecida pelo seu refrão “Ai cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita”, após aparição no programa Discoteca do Chacrinha. De seguida, começou a ganhar grande popularidade apresentando-se em diversos programas no Brasil.

Em 1978 participou do filme Milagre – O Poder da Fé, que contou com participação especial de alguns nomes importantes como o apresentador Chacrinha, Elke Maravilha e a atriz Lolita Rodrigues. Lançado em 1979, o filme aborda a história da sua vida. Dirigido por Hércules Breseghelo, teve partes filmadas na cidade natal do cantor.

Além do repertório romântico-popular, o seu trabalho caracterizava-se também por misturar ritmos portugueses com brasileiros, além de ter gravado em estilos tipicamente brasileiros como o forró. Quase todo o seu repertório é composto de faixas da sua autoria e em parceria com a esposa Márcia Lúcia, com quem foi casado e tinha três filhos brasileiros, dentre eles o produtor musical Rodrigo Leal.

Além de cantor e compositor, Leal foi apresentador de programas na Rádio Capital de São Paulo na década de 1980, apresentador no canal português TVI e no Brasil, também tendo apresentado programas na TV Gazeta e Rede Vida.

Lançou no ano de 2007 o CD Canto da Terra e Raiç/Raízes em 2009. Nesses discos gravou músicas em mirandês para divulgar a segunda língua oficial de Portugal. Estes discos conferiram-lhe prémios e condecorações da crítica de música portuguesa pelo estudo aprofundado de instrumentos musicais muito usados na música mirandesa, como as gaitas de fole.

Ao longo da carreira vendeu cerca de dezassete milhões de discos e tem mais de trezentas canções gravadas. É um dos compositores do atual hino da Portuguesa de Desportos, de São Paulo. Ele era também sócio do restaurante de comida portuguesa Marquês de Marialva, em São Paulo, localizado na região de Barueri.

Em 2011 publicou uma autobiografia em um livro intitulado Minhas Montanhas, sendo lançado tanto no Brasil quanto em Portugal.

Em 2014, lançou o CD Obrigado Brasil!, que incluía alguns sambas de Jorge Aragão e Arlindo Cruz e duetos com Jair Rodrigues, Alcione, Jairzinho e Luciana Mello.

Roberto Leal vivia entre o Brasil e Portugal, além de se apresentar em países da América do Sul, América Central e Europa divulgando a cultura portuguesa. Foram lançadas coletâneas dos seus principais sucessos, vendidos tanto no Brasil como em Portugal.

[ Fonte: Wikipedia, acesso a 22 de novembro de 2019 ]