Ricardo Neto

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Ricardo Neto

Saxofone

Natural da Coimbra, Ricardo Neto iniciou os estudos musicais em 2002 na União Filarmónica do Troviscal em saxofone com Henrique Portovedo. Aos onze anos de idade ingressou na Conservatório de Música da Bairrada – Escola de Artes da Bairrada na Classe de Romeu Costa e Rita Pereira.

Em 2013 ingressou na Licenciatura de Especialização de Performance em Saxofone na Escola de Artes da Universidade de Évora na classede Mário Dinis Marques tendo no ano seguinte ingressado no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro na classe de Fernando Ramos e no ano de 2016, termina a sua licenciatura na Área de Especialização em Performance em Saxofone no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Ao longo do seu percurso académico teve oportunidade de trabalhar com diversos saxofonistas de renome, tais como:  Henrique Portovedo, João Figueiredo, Guto Lucena (improvisação de Jazz), Fernando Ramos, Kenneth Tse, Romeu Costa, Mário Dinis Marques, Ties Mellema, Rita Pereira, Nacho Gáscon, Jerôme Laran, Gerard MacCrystall, José Massarrão, Quad Quartet, Sax3+1, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, Quatour Morphing, entre outros.

Ricardo Neto já colaborou com diversas orquestras, como Orquestra de Sopros e Sinfónica do DeCA, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra de Sopros e Clássica da Universidade de Évora, Orquestra de Jazz do DeCA e de Évora, Big Band MOB, Banda Amizade – Banda Sinfónica de Aveiro e com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

Já trabalhou com vários maestros como Eugene Migliaro Corporon, André Granjo, Luis Cardoso, Paulo Martins, Mark Heron, Calos Marques, Jan Cober, Hugo Assunção, Luís Carvalho, Paulo Perfeito, Claus Nymark, Christopher Bochmann, entre outros.

Participou em alguns concursos tendo obtido o primeiro prémio na categoria de Música de Conjunto do Concurso Interno da Escola de artes da Bairrada Prof. José de Oliveira, Menção Honrosa no Prémio Carlos Marques e participou no Concurso de “Terras de La Sallete”. Participou em inúmeros festivais e concertos como o Festival MOB, Festivais de Outono (Aveiro), Festival de Viana do Alentejo, AveiroSaxFest, Festival de Música de Leiria, WASBE (Taiwan), etc.

Realizou várias digressões, tendo-se apresentado em concertos em Espanha, República Checa, Hong Kong, Taiwan, Macau.

Como pedagogo, leciona a disciplina de Saxofone e Música de Câmara na Academia de Música Banda de Ílhavo, na Academia de Artes da União dos Músicos de Mira, na União Filarmónica do Troviscal, na Groovart – Academia de Artes, no Conservatório Artes e Comunicação Filarmónica União de Oliveira do Bairro, na Escola de Música da Banda Filarmónica Severense e no Conservatório de Música da Bairrada.

Em 2017, passou a ser artista da marca argentina de acessórios musicais Vientos Bambu.

Atualmente, encontra-se a elaborar a sua tese de mestrado para a obtenção do grau de mestre em ensino da música.

13 de novembro de 2018