Raquel Bastos, violeta

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Raquel Bastos

Violeta

Raquel Bastos integrou várias orquestras internacionais e tem tocado como solista e músico de câmara em Portugal, Reino Unido, Alemanha, Nova Zelândia, Estados Unidos, China e Austrália, e apresentou-se em recital e palestra em Universidades na Austrália e Portugal, em Congressos Internacionais de Viola e da Associação de Cordas da Austrália e Nova Zelândia.

Após ter estudado com Hazel Veitch no Conservatório de música de Aveiro e Ryszard Woicicki na Escola Superior de Música do Porto, a Raquel continuou os seus estudos de pós-graduação na University of North Texas com a professora Susan Dubois, onde recebeu o prémio de Outstanding Student in Strings. A Raquel aperfeiçoou os seus estudos com violetistas de renome como Kim Kashkashian, Jeffrey Irvine, Carol Rodland, Martin Outram, Graham Oppenheimer, Sylvie Altenburger e Wolfram Christ.

Desde que se estabeleceu na Austrália, a Raquel foi artista convidada em festivais internacionais como o de Brisbane, Bangalow, Stradbroke onde trabalhou com artistas como Jack Liebeck, Jaime Laredo, Ilya Konovalov, Sophie Rowell, Annette-Barbara Vogel, Donald Maurice, entre outros.

Como músico de câmara, a Raquel participa regularmente em concerto com Queensland Symphony Orchestra Chamber Players Series; Camerata Chamber Orchestra; Collusion Contemporary Ensemble; Southern Cross Soloists, and The Badinerie Players.

Em 2017, a Raquel lançou o seu primeiro album Essentia Urbana, de composições australianas para viola e piano pela compositora Cécile Elton, que tem sido regularmente tocado nas rádios ABC Classic FM e 4MBS.

[ Bio facultada por Raquel Bastos e inserida a 17 de abril de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook