Rancho Folclórico de Fonte Boa

  • Morada

  • Telefone

    (+ 00 351)

  • E-mail

  • Descrição

    O Rancho Folclórico de Fonte Boa teve a sua origem no querer da Associação de Pais e Encarregados de Educação e a colaboração dos professores do ensino básico da EB de Fonte Boa, em 1995. Como rancho infantil, teve a sua primeira atuação em 1995. A partir de então, a sua existência tornou-se pública. O Rancho foi convidado a participar em diversos encontros e atuações folclóricas, um pouco por todo o país. Aquando da fundação da instituição CAF (Centro de Apoio à Família), a 21 de fevereiro de 2002, o Rancho Folclórico passou a integrar esta instituição, na vertente recreativa e cultural. No seu âmbito de apoio familiar e com ligações à Igreja Católica, foi pensada a fusão do social com a instituição eclesiástica. Em 2003, deu-se essa junção ao Centro Social e Paroquial de Fonte Boa, do qual faz parte integrante. Em 2004 foi gravado o primeiro CD – “As cantigas da nossa terra”. Tem no seu historial exibições em Espanha e Suíça. Atualmente o Rancho Folclórico de Fonte Boa possui duas secções – o grupo adulto e o infantil. Na tocata utiliza concertina, cavaquinho, viola, bombo, ferrinhos, reque-reque e pandeiro. Tem como trajes – traje dos noivos, traje domingueiro, traje de cerimónia, traje do campo, traje da viúva e seu filho, traje de sargaceiro, traje de ferreiro, traje do camponês e pastor e o traje de feira. Estes trajes são cópias dos usados nos séculos XVIII e XIX pelas gentes de Fonte Boa. Os utensílios apresentados são uma réplica dos que eram usados nos campos, no cultivo do milho, centeio e linho, na preparação deste e na apanha do sargaço. Originário da zona etnográfica do Baixo Minho, o Rancho Folclórico de Fonte Boa tem no seu repertório as seguintes danças típicas: Vira, Cana Verde e Vareira.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook