Pedro Cordeiro

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Pedro Cordeiro

Eufónio

Pedro Cordeiro nasceu em Palmela em 1990. Iniciou os estudos musicais em Eufónio na Escola de Música da Sociedade Filarmónica Humanitária de Palmela.
Em 2007 ingressou no conservatório regional de Palmela na classe de Gil Gonçalves. No ano seguinte prosseguiu os estudos na Escola Profissional Metropolitana de Lisboa sob a orientação de Adélio Carneiro e Gonçalo Marques onde, em 2011, terminou o curso de Instrumentista de sopro. 

Posteriormente concluiu a licenciatura em Música na variante de Execução na Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de Adélio Carneiro. Em 2017, terminou o Mestrado em Ensino da Música na Escola Superior de Música de Lisboa. 

Já trabalhou com Sérgio Carolino, Thomas Ruedi, Steven Mead, Oren Marshall, Jukka Myllis, Tanja Karjalainen, Daniel Marques, Bastien Baumet, Ricardo Antão, David Gordon, Bruno Pascoal, Eduardo Diaz, Demondrae Thurman, entre outros, e trabalhou em Música de Câmara com Hugo Assunção, Filipe Coelho e o quinteto de metais inglês Onyx Brass. 

Em 2010 e 2013 foi finalista no concurso internacional de instrumentos de sopros “Terras de La Sallete”, nível sénior. 

Em 2012 esteve presente no ITEC (Internacional Tuba and Euphonium Conference) em Linz, Áustria.

Foi seleccionado em 2013 para participar na Orquestra de jovens do Mediterrâneo para concertos em França e Marrocos. 

Colaborou com a Brass Ensemble da Metropolitana de Lisboa e com a Orquestra Sinfónica Metropolitana. 

É membro da Orquestra de Jazz Humanitária de Palmela e do grupo Stereophonic Sound. 

Teve oportunidade de trabalhar com diversos maestros, tais como César Viana, Reinaldo Guerreiro, Pedro Neves, Alberto Roque, Steve Davis, Felix Hauswirth, Timothy Reynish, entre outros. 

Lecionou Tuba e Eufónio na Escola de Música da Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense, na Escola de música da Sociedade Recreativa Musical da Trafaria e na instituição Casa Do Gaiato de Setúbal, onde também dirigia a orquestra de sopros da mesma. 

É docente na Escola de Música da Sociedade Filarmónica Operária Amorense e na Escola de Artes do Litoral Alentejano, em Sines.

[ Bio publicada na Meloteca a 05 de junho de 2019 a partir do I Estágio de Orquestra Juvenil ‘ 19 | Lagoa ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook