Paulo Valente Pereira

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Paulo Valente Pereira

Guitarra clássica

Paulo Valente Pereira nasceu em Lisboa em 1948. Iniciou os estudos musicais com sua tia Fernanda Valente Pereira, prosseguindo-os mais tarde no Conservatório Nacional enquanto frequentava o Liceu e a Universidade.

Começou a interessar-se pela guitarra aos 14 anos. José Duarte Costa foi o seu primeiro professor. Continuou o estudo deste instrumento com Emilio Pujol no Conservatório de Lisboa. Teve aulas particulares com Maria Lívia São Marcos durante as estadias desta em Lisboa entre 1965 e 1969. Partiu nesse ano para Paris. Aí estudou com Javier Hinojosa e Alberto Ponce. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian de 1973 a 1975.

Durante os 7 anos que viveu em França, ensinou no Conservatório de Neuilly (Neuilly-sur-Seine), nas escolas de Música de Goussainville e Beauchamp (Val- d’ Oise) e nos centros culturais de Paris X e Paris XX.

De regresso a Portugal em 1976, passou a lecionar, entre outras escolas, na Academia de Amadores de Música. Lecionou também de 1986 a 1994 no Conservatório Regional de Castelo Branco e entre 1996 e 1998 na Universidade de Évora.

Foi, de 1995 a 1998, professor convidado dos Cursos de Verão de Oliveira do Bairro.

Tem colaborado como guitarrista com o Teatro Nacional de São Carlos, nomeadamente nas óperas Vingança da Cigana, Il Guarani, Barbeiro de SevilhaFalstaff, Don Giovanni e Wozzeck.

Tem-se apresentado como solista, em recital e com orquestra, dedicando também particular interesse à música de câmara. Tem acompanhado vários cantores em recital realizando concertos em duo, trio e quarteto com diversas formações.

Atuou em França, Espanha, e Áustria. Em Portugal participou em recitais e concertos organizados por diversas entidades tais como: Fundação Gulbenkian, R.D.P., Junta de Turismo da Costa do Sol, F.A.O.J., S.E.C., S.P.A., J.M.P., festivais de música de Lisboa, de Leiria e do Algarve, câmaras municipais, associações de estudantes, entre outras.

Desde 1984, tem dedicado particular interesse ao estudo da guitarra de 8 cordas. A sua obra didática agora publicada  pelas Edições AVA, elabora-se a partir de 1970 e abarca aspectos diversos tanto da guitarra de 6 cordas como da de 8.

[ Bio indicada por Teresa Valente Pereira, violoncelista, filha de Paulo Valente Pereira, publicada na Meloteca a 19 de março, Dia do Pai ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook