Paulo Esteireiro, investigador natural da Madeira

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Paulo Esteireiro

Investigador

Natural de Lisboa, Paulo Esteireiro (1975) é diretor de Serviços de Investigação, Comunicação, Edições e Formação no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira e investigador integrado do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (UNL/FCSH).

É licenciado, mestre e doutorado em Ciências Musicais pela Universidade NOVA de Lisboa, tendo obtido nos estudos de mestrado e doutoramento a classificação máxima por unanimidade do júri.

Entre as suas publicações destacam-se As Artes Performativas no Funchal, Estudos sobre Educação e Cultura, Uma História Social do Piano, Músicos Interpretam Camões, 50 Histórias de Músicos na Madeira, Regionalização do Currículo de Educação Musical e três livros de composições para Braguinha.

É coordenador da Coleção Madeira Música, série editorial que publicou onze CD-ROM com obras musicais históricas madeirenses e da coleção Contributos e Ideias para a Educação Artística. Foi autor e coordenador da série documental Músicos Madeirenses para a RTP-Madeira (12 documentários). Tem um conjunto alargado de artigos e capítulos de livros em publicações científicas nacionais e internacionais na área da musicologia e da pedagogia.

No domínio do ensino, foi entre 2008 e 2012 docente convidado da Escola Superior de Educação de Setúbal, assistente do 1.º triénio da Escola Superior de Educação de Bragança (2002 e 2005) e professor adjunto convidado do Instituto Superior de Ciências Educativas (2008- 2014).

Leccionou ainda História da Música na Escola Profissional de Música de Almada (10.º ao 12.º ano) e ocupou o cargo de Director Pedagógico da Academia Musical da Ilha Graciosa e da Escola Profissional da Ilha Graciosa.

Foi professor de guitarra clássica na Academia de Música da Liga dos Amigos de Queluz, na Escola de Música da Foco Musical, no Gabinete Coordenador de Educação Artística e no Abrigo Infantil de Nossa Senhora da Conceição.

No domínio da produção, foi produtor de um conjunto de espetáculos onde adaptou óperas de Mozart, Verdi e Bizet ao público escolar e foi colaborador do Jornal de Letras, Artes e Ideias, da revista Ópera Actual, do Diário de Notícias da Madeira e do Jornal da Madeira.

Músico multi-instrumentista, com especialização em instrumentos de cordas dedilhadas, gravou vários videoclips a solo de braguinha para a RTP-Madeira, que lhe valeram um convite do Consulado Geral de Portugal, para actuar em Newark e na Embaixada de Portugal nos Estados Unidos da América.

[ Bio facultada por Paulo Esteireiro e publicada na Meloteca a 03 de setembro de 2020 ]

[ Músicos naturais de Lisboa ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook