compositor

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Paulo Bastos

Composição

Paulo Bastos nasceu em Vila Pouca de Aguiar. Iniciou os estudos musicais na Escola de Música do Porto, sob orientação de Hélia Soveral. Concluiu a Licenciatura em Composição na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, onde foi distinguido com o “Prémio para o melhor aluno do curso” do Instituto Politécnico do Porto em 1994. Em 2005 concluiu o Mestrado em Análise Musical na Universidade de Aveiro.

Trabalhou com compositores e agrupamentos como os Percussionistas de Strasbourg, Sharon Kanach, Virgilio Melo, Dieter Schnebel, Álvaro Salazar, Gerhard Stäbler, Jorge Peixinho, Nicolaus A. Huber, entre outros.

Grande parte da sua produção centra-se na música de câmara e na música infanto-juvenil, apesar do número significativo de obras orquestrais, para instrumento solo e electrónica.

Algumas estreias, gravações, assim como dedicatórias e encomendas da sua música, têm sido destinadas a agrupamentos e músicos de reputada qualidade tais como Quad Quartet, Coro de Pequenos Cantores de Esposende, Duo Pianísimo, Grupo Música Nova, Coro Voximini, Duo Sforzanduo, Kla-Vier Duo, Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins, Jovens Cantores de Guimarães, Orquestra de Guitarras do Minho, Duo Jost Costa, Doppio Ensemble, Rui Gama, Romeu Costa, Ricardo Pereira, Domingos Costa, Dora Rodrigues, Rui Lopes, assim como outros.

É convidado regularmente para comunicações, conferências, workshops e apresentações de concertos.

Algumas das suas obras estão publicadas em partitura e em CD pela AVA Musical Editions, MIC.PT, Association Bar&Co, Sonoscopia, APEM, Porto Editora e Universidade do Minho.

É professor desde 1996 no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga onde ensina Introdução e Técnicas de Composição, ATC, Composição e Música Electrónica. Desde o ano de 2000 lecciona o primeiro Curso oficial de Composição no país, para o qual elaborou os programas aprovados pelo Ministério da Educação.

[ Bio facultada por Paulo Bastos e inserida a 26 de janeiro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook