Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Orquestra Sinfónica Juvenil

Orquestra

Fundada em 1973, a Orquestra Sinfónica Juvenil assume-se, hoje, como uma instituição fundamental no nosso panorama músico-pedagógico. Nestes 32 anos de existência, a OSJ viu passar pelos seus quadros muitos dos actuais instrumentistas das nossas orquestras, estendeu a sua acção em favor da cultura musical a todo o país, incentivou e deu a conhecer ao público muitos jovens solistas.

Em permanente renovação, o seu repertório é bastante vasto – foram preparadas mais de 500 obras abrangendo os séculos XVIII, XIX e XX. Conta nos seus quadros 90 elementos das diversas escolas de música da área de Lisboa. No Verão de 1990, a convite da UNESCO, participou num Estágio de aperfeiçoamento orquestral em Hortos (Grécia) integrando nos seus quadros jovens músicos de diversas nacionalidades. Em Julho de 2002, a “Camerata” da Orquestra Sinfónica Juvenil representa Portugal no Festival Internacional de Jovens de Tianjin, China.

A OSJ mantém acordos de colaboração com congéneres na Alemanha, Luxemburgo, Espanha e China, com as quais estabelece intercâmbio de jovens músicos. Nos períodos de férias de Verão, realiza Estágios de aperfeiçoamento orquestral, habitualmente nas Regiões Autónomas da Madeira e Açores. Colabora regularmente com diversos Coros na apresentação de reportório coral-sinfónico.

Para além dos Maestros-Titulares (Alberto Nunes de 1973 – 83) e Christopher Bochmann (desde 1984) foi dirigida por Francisco d’Orey, Jorge Matta, António Saiote, Roberto Perez, Georges Adjinikos, José Palau, Andrew Swinerton, Vasco Azevedo e Julius Michalsky. A Orquestra Sinfónica Juvenil desenvolve as suas actividades com o apoio, fundamentalmente, do Ministério da Cultura, Instituto Português da Juventude e Radiodifusão Portuguesa.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook