Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Orlanda Isidro

Soprano

Orlanda Isidro nasceu em Évora em 1972, onde iniciou os estudos musicais com a idade de sete anos. Estudou violino e piano na Academia de Música de Évora. Aos 18 anos, iniciou os estudos de canto com Maria Repas Gonçalves. Foi membro do Coro Gulbenkian de 1992 a 1997.

Em 1997, foi para a Holanda, onde concluiu em Junho de 2000 a pós-graduação em Canto pelo Conservatório Real de Haia, com Rita Dams, Lenie van den Heuvel, Marius van Altena. Trabalha desde 1994 com Jill Feldmann, Nico van der Meel, Marie-Claude Vallin, Elly Ameling, Diane Forlano, entre outros.

Reside na Holanda onde canta em vários grupos de música de câmara como o Amesterdam Baroque Choir, dirigido por Ton Koopman e o Coro de Câmara da Holanda; canta ainda em várias formações barrocas como os De Swaen e Musica Temprana e no Quinteto Kassiopeia, grupo vocal com repertório renascentista. Apresenta-se regularmente a solo, salientando-se a digressão europeia e gravação de CD da obra “Sonho de uma noite de Verão” de Mendelssohn, com o Coro Gulbenkian e a Orquestra do Séc. XVIII, dirigidos por Franz Brüggen, em 1997, e o projecto Ambronay 98, com digressão europeia da obra “Thésée” de Lully, dirigida por William Christie. Em Portugal, por ocasião do evento “Porto 2001”, participou na ópera “The Turn of the Screw” de B. Britten, com direcção de Brad Cohen. Com um programa de Monteverdi, inserido no Festival de Cremona, Itália, apresentou-se com o maestro Ton Koopman.

Participou em várias competições e apresentações de Jovens Cantores, como Erna Spoerenberg, para apresentação de jovens solistas na classe oratória, na Holanda em 1999 ou o Concours International de Chant Barroque de Chimay, na Bélgica, onde obteve o 3.º Prémio (2002). Em Novembro de 2002 desenvolveu e aperfeiçoou os seus conhecimentos, como solista, na Academia “Le Jardin des Voix”, em Caen, que foi seguida de uma digressão europeia, sob a direcção musical de William Christie e com a participação da orquestra Les Arts Florissants. É licenciada em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa. O seu repertório abrange vários estilos e épocas musicais como oratória e ópera, com preferência pelo barroco, classicismo e música contemporânea.

10 Outubro 2004

Partilhe
Share on Facebook
Facebook