Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Nuno Peixoto de Pinho

Composição

Nuno Peixoto de Pinho nasceu em São João da Madeira, a 21 de maio de 1980.

É licenciado em Composição pela Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto (2007). Em 2016, doutorou-se em Ciências e Tecnologia das Artes pela Escola das Artes da Universidade Católica do Porto e Musik-Akademie Basel (Suíça), onde trabalhou sob a orientação de Sofia Lourenço e Erik Oña (2016).

Ao longo do seu percurso académico, teve como principais professores: Cândido Lima, Fernando Lapa, Ângela Lopes, Dimitris Andrikopoulos, Carlos Guedes, Eugénio Amorim, Eneko Vadillo Perez e Erik Oña (Composição), Miguel Ribeiro-Pereira e José Oliveira Martins (Teoria e Análise Musical). Participou ainda em seminários e em workshops com o Remix Ensemble, Orquestra do Algarve, Orquestra Clássica do Sul, Orquestra Metropolitana de Lisboa e Orquestra Gulbenkian.

Obteve ainda formação com Helmut Lachenmann, Matthias Pintscher, Unsuk Chin, Klaas de Vries, Magnus Lindberg, Jonathan Harvey e Kaija Saariaho.

A actividade de Nuno Peixoto de Pinho enquanto compositor abraça múltiplos géneros e formatos, da música orquestral à de câmara, passando pela música vocal e ensemble. Repertório que revela uma especial dedicação à música pré-existente, a partir da qual produz transformações e estabelece diálogos com outros géneros musicais, que resultam numa distorção/relação com a sua fonte. Desta forma, Nuno procura alcançar um novo “eu” ou como o próprio compositor denomina de “reciclagem musical”.

Objecto de estudo da sua tese de doutoramento: “Processos de Criação e Reutilização Musical a partir da obra do compositor Jorge Peixinho (1940-1995)”.

Algumas das suas obras têm sido premiadas em concursos internacionais, tais como 1º Prémio no 4º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim com a obra para orquestra “This is not a poem”; 2º Prémio no 1º Concurso Internacional de Composição GMCL/Jorge Peixinho com a obra “Conciliabulu” para música de câmara e 1º Prémio no 2º Concurso de Composição – Academia de Flauta de Verão com a obra “OU” para flauta e contrabaixo.

Actualmente lecciona na Academia e Escola Profissional de Música de Espinho, Academia de Música de Santa Maria da Feira e Academia de Música de Fafe. Desde 2007, é professor convidado na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo, na área de composição musical.

É investigador no CITAR da Universidade Católica Portuguesa, instituição onde leccionou teoria e análise musical entre 2007 e 2014.

Desde 2007, colabora com o Serviço Educativo da Casa da Música como membro do Factor E (coautor de workshops)