• Morada

    Alemanha: Regensburg | Portugal: Matosinhos

  • Telefone

    [00351] 960 238 264 Portugal
    [0049] 017681802449 Alemanha

Nuno Mimoso

Órgão . Ensino . Investigação

Nuno Mimoso é organista, pianista acompanhador, barítono lírico, docente e investigador. Diplomado em Órgão/Pedagogia Instrumental pela Escola Superior de Música Sacra de Ratisbona, com a tese A Batalha na Música Ibérica para Órgão no séc. XVII. Discípulo do Prof. Franz Josef Stoiber, organista titular da Catedral de S. Pedro de Ratisbona (Regensburg). Completou a sua formação com estágio pedagógico na milenar escola catedralícia dos meninos cantores Domspatzen, e como organista auxiliar na catedral. Cursou interpretação organística, com especialização em diferentes estilos e tipologias organísticas, com Ludger Lohmann, Jörg-Andreas Bötticher, Bernhard Buttmann, Edgar Krapp, entre outros mestres.

Investigador no campo do património musical sacro e organístico português, pós-graduado em Estudos do Património pela Universidade Aberta de Lisboa. Membro da Gesellschaft der Orgelfreunde, associação alemã para promoção da cultura organística a nível internacional. Consultor de instituições públicas e eclesiásticas, na área do património musical, nomeadamente na elaboração de estudos prévios, cadernos de encargos, fiscalização e divulgação cultural.

Desde 2017, consultor da Direção de Serviços dos Bens Culturais da DRCN (Direção Regional de Cultura Norte) para o restauro dos órgãos históricos da Igreja de Santa Clara do Porto, Monumento Nacional. Enquanto colaborador da Meloteca: Sítio da Música e das Artes, estruturou o mais completo inventário dos órgãos de Portugal, a publicar futuramente.

Docente de canto e técnica vocal no Instituto Paroquial St. Cäcilia em Regensburg. Preparador pedagógico de candidatos a diversas Escolas Superiores de Música em países de língua germânica. Formador convidado por diversas instituições de ensino e eclesiásticas em Portugal para ministrar masterclasses de música sacra, técnica vocal, direção coral e órgão. Como diretor artístico, tem promovido formatos inovadores de ‘concerto pedagógico’ e ‘visita musical’, com enfoque na divulgação do património da Música Sacra Portuguesa, com diversas apresentações recitais a solo, concertos e conferências na Alemanha, Áustria, Itália, Espanha e Portugal.