Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Nuno Mendes

Baixo

Sendo natural de Ansião, foi em Coimbra que em 2002 Nuno Mendes iniciou os estudos musicais na vertente do canto.

É licenciado no curso de Professores de Educação Musical do Ensino Básico pela Escola Superior de Educação de Coimbra e licenciado em Música, vertente Canto, pela Universidade de Aveiro. Foi aluno de Canto de Isabel Melo e Silva, no Conservatório de Música de Coimbra e aluno de Joaquina Ly na Universidade de Aveiro.

Atualmente é membro do Coro Principal da Casa da Música e é coralista do Invictus Ensemble. Foi membro da Capela Gregoriana Psalterium, Ensemble Vocal ADARTE, Choral Aeminium, do Grupo Vocal Ad Libitum e da Capela Duriensis.

É membro fundador do grupo vocal CantAr’te e da Ópera de Coimbra onde interpretou Bastien da ópera Bastien e Bastienne de W. A. Mozart.. Participou com o Vocal Ensemble na obra Te Deum de Jean-Baptiste Lully e nos Dias da Música do CCB com obras vocais de Carlo Gesualdo.
Fez masterclass com Ana Ester Neves, José Oliveira Lopes, António Salgado, Pierre Mäk e Susan Waters.
Representou, enquanto aluno do Conservatório, a personagem Orfeu da ópera Orfeu e Euridice de C.Gluck, e Damon na ópera Acis e Galatea de G. F. Händel. Participou na ópera Dido e Eneias de Henry Purcell, Vénus e Adónis de John Blow e na ópera La Serva Padrona de G. B. Pergolesi.

Como aluno da UA, foi solista do Requiem de Cimarrosa e na ópera Let’s make an Opera! – The Little Sweep, de Benjamin Britten. Cantou obras como o Te Deum de Marcos Portugal, Magnificat de J. S. Bach, Requiem de Verdi, L’enfance du Christ de Boulez e partipou no coro da ópera D. Giovanni de Mozart com a Ópera do Norte.

Foi intérprete na Ópera Bichus do coletivo de compositores da Arteàparte. Participou como solista no Requiem de Fauré, Missa brevis em Fá Maior de Mozart, Missa em Ré menor de Mozart, Stabat Mater de Luís Cardoso, Spanische Liebeslieder de Schumann, Dixit Dominus de Handel e participou na ópera Gianni Schicchi de G. Puccini. Dirige desde 2012 o Coimbra Gospel Choir. Em 2013 participou com o Tenso Europe Chamber Choir, na Letónia. Recentemente, interpretou a personagem de Tracollo, da ópera Livietta e Tracollo, de G. B. Pergolesi, com a Camerata Joanina e colaborou também com o Coro Anonymus.

2015

Partilhe
Share on Facebook
Facebook