Miguel Oliveira

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Miguel Oliveira

Piano

Miguel Oliveira estudou no Conservatório de Música do Porto, onde concluiu o 8.º grau do curso de piano nas classes dos professores Constantin Sandu e Eduardo Resende.

É licenciado em composição pela Universidade de Aveiro, com média final de 17 valores, tendo trabalhado com os professores Isabel Soveral, João Pedro Oliveira, Evgueni Zoudilkine, Sara Carvalho, entre outros.

Participa regularmente em vários concertos, apresentando-se a solo e em agrupamentos de música de câmara em várias cidades do país e do estrangeiro.

Foi durante muitos anos pianista co-repetidor do Círculo Portuense de Ópera, do Coro da Universidade de Aveiro e do Coro de S. Tarcísio, paralelamente com muitos trabalhos de acompanhamento pontual de diversos coros.

Como pianista acompanhador é também de salientar o seu trabalho regular com algumas dezenas de escolas de dança, trabalhando para a Royal Academy of Dance e para a Imperial Society of Teachers of Dancing.

Frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento, entre eles, o VI.º Curso Internacional de Música Barroca, masterclass de piano dirigido por Pedro Burmester e participou no seminário de Fenomenologia e Análise Musical orientado pelo maestro Camil Marinescu. Frequentou o Curso Internacional de Música do Porto onde estudou com a pianista italiana Laura Richaud e com o pianista romeno Constantin Nitu em 1999 e 2000, respetivamente. Em 2001 fez o Curso de interpretação e técnica pianística com o pianista uruguaio Carlos Cebro.

Atuou várias vezes em recitais de poesia, sendo de salientar o seu trabalho com escritores tais como Vasco Graça Moura, Agustina Bessa-Luís, José Pinto, Ruy de Carvalho, entre outros.

Entre 2000 e 2003 foi o pianista titular da Orquestra de Salão do Jardim Passos Manuel do Coliseu do Porto, a qual entre outras atividades atuou, durante um período de 3 anos, todas as terças e quintas-feiras, no programa Praça da Alegria, transmitido em direto pelo Canal 1 da RTP.

Foi pianista nas peças “Porto do Século” e “O Casamento”, da companhia de teatro Seiva Trupe, no Teatro do Campo Alegre e foi o maestro titular dos musicais de Filipe La Féria: “Música no Coração” e “Um violino no Telhado”, no Teatro Rivoli, totalizando cerca de 1000 apresentações públicas destas quatro peças.

Em 2003, a convite da Câmara Municipal da Trofa estreou a sua primeira ópera: A Árvore dos Sonhos com libreto de Mário Moutinho e direção musical de Kamen Goleminov.

Foi diretor artístico do Clube Literário do Porto, desde a sua fundação, durante seis anos e diretor artístico do Encantus Corus entre 2013 e 2016.

Lecionou piano, composição e acústica musical em diversos conservatórios e academias nacionais. É assessor da direção pedagógica e professor na Academia de Música de Costa Cabral.

É responsável pelo departamento de Eventos e Música da agência de comunicação Life Colors®. Paralelamente frequenta uma pós-graduação em direção de orquestra da Universidade de Aveiro.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook