Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Miguel Leitão

Tenor

Miguel Leitão nasceu no Porto, em 1980. Estudou no Conservatório de Música do Porto com Cecília Fontes e na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto com Rui Taveira.

Foi membro permanente do Estúdio de Ópera da Casa da Música no Porto desde 2002, onde foi orientado vocalmente por Peter Harrison.

No âmbito do Estúdio de Ópera, participou em concertos e produções como L’Ivrogne Corrigé de Gluck, Joaz de Benedetto Marcello, A Raposinha Matreira de Janácek, La Spinalba de Francisco António de Almeida e Bastien und Bastienne de Mozart.

Em 2007 participou no Festival de Aldeburgh (Inglaterra), na produção de Death in Venice de Britten, e ainda no Festival de Bregenz (Áustria), onde integrou também o elenco de Playing Away de B. Mason e de Tosca de Puccini. No mesmo ano foi Tancredi em Il Combattimento di Tancredi et Clorinda, papel que retomou em Abril de 2014 com a Orquestra Barroca Casa da Música. Fez parte do coro do Festival de Glyndebourne na temporada de 2008, tendo preparado o papel de Monostatos como substituto para A Flauta Mágica. Em 2009 reforçou o coro da Covent Garden Opera House na ópera O Holandês Voador de Wagner. Integra o Coro Casa da Música desde 2012.

Frequentou classes de aperfeiçoamento e workshops com Peter Harrison, Lorna Marshall, Ana Ester Neves, Cecília Fontes, Jill Feldman, Muriel Corradini, Jeff Cohen, Eugene Asti, Philip Langridge, Malcolm Martineau, François Le Roux, Lada Valesova, Delia Lindon, Jaime Mota, David Wilson Johnson, William Lacey e Enza Ferrari, entre outros.

2015