Miguel Henriques

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Miguel Henriques

Piano

Natural do Porto, Miguel Henriques estudou nos Conservatórios de Lisboa e Porto, formando-se com as mais elevadas classificações.

Como bolseiro do Estado Soviético e da Fundação Gulbenkian estagiou durante dois anos no Conservatório Tchaikovsky em Moscovo, na classe de Gleb Akselrod. Obteve ainda o diploma de Mestrado em Piano Performance da Universidade do Kansas, na classe de Sequeira Costa.

Complementarmente desenvolve estudos nas áreas de Musicologia, Estética, Composição, Direcção coral e instrumental, Expressão Dramática, e Metodologia da execução pianística. Abrange no seu repertório diferentes estilos, do barroco ao contemporâneo incluindo compositores portugueses.

Ao longo da sua carreira tem-se dedicado igualmente à divulgação de algumas obras importantes mas menos conhecidas do público, nomeadamente de Janácek, Schubert, Liszt, Tchaikovsky, Scriabine, Shostakovitch, Messiaen, Schnittke, Lopes-Graça, e mais recentemente de António Pinho Vargas.

Desenvolvendo intensa actividade como docente desde 1977, Miguel Henriques ocupa desde 1990 o cargo de Professor de Piano da Escola Superior de Música de Lisboa.

DISCOGRAFIA

Fernando Lopes-Graça (1906-1994) PARIS 1937 (a 2 pianos com Ana Valente), Sonata nº 4- Elegia – Tocata, Ante e fugato. Portugalsom/Strauss (SP 4352) – Maio 2000

Fernando Lopes-Graça (1906-1994), Vinte e quatro prelúdios. Portugalsom/Strauss SP 4216 – Fevereiro 1998.

António Fragoso (1897-1918), Obra para piano. Numérica NUM 1043 – Dezembro 1994.

Óscar da Silva (1870-1958), Dolorosas – Images – Scherzo à la valse- Bagatelles – Páginas Portuguesas n.º 9 e 11. Portugalsom CD 870037/PS – Novembro 1989.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook