contrabaixista e bailarino Mário Franco

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Mário Franco

Contrabaixo . Bailado

Natural de Lisboa, Mário Franco iniciou os estudos musicais aos 4 anos no Centro de Estudos Gregorianos de Lisboa. Posteriormente, na Academia de Amadores de Música, estudou Contrabaixo com Fernando Flores e Composição com Pedro Rocha. Frequentou cursos de Contrabaixo com Ludwig Streicher e foi 1º prémio no Concurso Jovens Músicos em 1988.

Desde muito cedo interessou-se também pelo Jazz. Foi aluno da escola do Hot Clube de Portugal e participou em workshops com músicos dos quais se destacam Rufus Reid, Niels Henning Orsted Peterson, Eberhard Weber, Dave Holland, Gary Burton, David Liebman…

Em 1990 apresentou o seu primeiro projecto baseado em originais, no Concurso “A Juventude e a Música” onde obtém o 1º prémio de grupo e 2º prémio de composição.

A sua formação diversificada permitiu-lhe trabalhar desde da década de 90 até hoje em diversas áreas da música inserido nos mais variados contextos musicais dos quais se destacam nomes como: Pedro Caldeira Cabral, Miguel Amaral, Ricardo Rocha, José Peixoto, Grupo de Música Antiga e Contemporânea Sete Lágrimas, Beatriz Nunes, Miguel Azguime, Camané, Ricardo Ribeiro, Carminho, Sérgio Godinho, Vitorino, Uxia, Lura, José Manuel Barreto, Filipa Pais, Bernardo Sassetti, Mário Laginha, João Paulo Esteves da Silva, Luis Barrigas, Luis Figueiredo, António Pinho Vargas, Sérgio Pelágio, António Pinto, Desidério Lázaro, Carlos Martins, Tomás Pimentel, Maria João, Tommy Halferty, Andy Sheppard, Ralph Peterson Jr., Myra Melford, Jarmo Savolainen, Jon Irabagon, Peter Epstein, David Binney, Paolo Fresu, Ralph Towner…

Mário Franco editou pela TOAP Records o seu disco de estreia em nome próprio em 2006 “This Life” com David Binney, André Fernandes, Jesse Chandler, João Gomes e João Lencastre, que foi considerado pela revista All About Jazz o segundo melhor álbum do mesmo ano.

Continuou o seu trabalho como sideman com diversas formações e foi co-leader no disco “cine qua non” TOAP Records em 2013 juntamente com Paula Sousa, João Paulo Esteves da Siva e Afonso Pais. Nesse mesmo ano, Mário marca o regresso aos discos em nome próprio com “Our Door” editado também pela TOAP Records e que conta com a presença dos músicos Sérgio Pelágio e André Sousa Machado.

Em 2017 lançou o seu mais recente trabalho como leaderRush” editado pela Nischo Records e que conta com a presença de Sérgio Pelágio, Óscar Graça, Luis Figueiredo e Alexandre Frazão. Este projecto tem sido apresentado ao vivo com a inclusão também do saxofonista David Binney.

Compõe também para Teatro e Dança trabalhando com coreógrafos/bailarinos tais como: Francisco Camacho, Bárbara Lagido, Xavier Carmo, David Fielding, Rui Lopes Graça, Fernando Duarte, Carlos Pinillos, Alina Lagoas, Claúdia Nóvoa, Rui Horta entre outros.

A partir de 2013 compõe também para Cinema, numa colaboração com o realizador Bruno de Almeida.

Participou nos mais importantes Festivais de Música nacionais e em digressões internacionais na Bélgica, Espanha, França, República Checa, Itália, Grécia Noruega, Brasil, China, Rússia, Japão…

Paralelamente à música, Mário Franco é bailarino principal da Companhia Nacional de Bailado onde começou a sua actividade profissional em 1986 como estagiário tendo sido progressivamente promovido a bailarino corpo-de-baile e mais tarde a corifeu, é bailarino principal desta Companhia desde 1995.

Tem realizado trabalho coreográfico desde espectáculos para público infanto-juvenil quer em diferentes formatos como por exemplo para video.

[ Bio facultada por Mário Franco e publicada na Meloteca a 23 de setembro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook