Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Maria João Matos

Soprano

Natural de Braga, Maria João Matos é licenciada em Canto na classe de José Oliveira Lopes na ESMAE (Escola Superior de Música Artes do Espectáculo), com a máxima classificação.

Trabalhou em classes de alto aperfeiçoamento com José Oliveira Lopes, Claire Evangelist, João Lourenço, Galina Pisarenko, Mara Zampieri, Enza Ferrari entre outros.

Em 2003 obteve o 2º Prémio no Concurso Nacional Luísa Todi.

Integrou o coro de câmara “Portogalante Ensemble”, dirigido pelo Maestro Filipe Veríssimo, com o qual se apresentou como solista no Festival Internacional de Música da Póvoa do Varzim e no Festival de Órgão do Palácio Nacional de Mafra.

Apresentou-se em Portugal, Espanha e Itália, sob a direcção dos maestros Cónego António Ferreira dos Santos, Filipe Veríssimo, José Ferreira Lobo, R. Taccuchian, Miguel del Castillo, Juliàn Lombana e Johannes Skudlik interpretando as partes solistas de soprano em: Missa da Coroação, Requiem e Missa brevis em Si b Maior de W. A. Mozart, Jephte de Carissimi, Cantata de Natal de R. Taccuchian, Requiem e Messe Basse de Faure, Magnificat e Oratório de Natal de J. S. Bach, Messias de Haendel, Missa Solene em Ré Maior de Otto Nicolai, Missa em Ré Maior de Dvorák, Missa em Sol M de Carlos Seixas, Cantata O Mártir S. Sebastião e Oratória de Natal do Cónego Ferreira dos Santos.

Em 2006 estreou-se na ópera como Condessa das Bodas de Fígaro de Mozart. Neste mesmo ano foi premiada com o “Prémio Helena Sá e Costa”.

Em 2007 foi premiada com o “Prémio Lied” no “I Concurso Internacional Ciudad de Zamora” em Espanha.

Foi bolseira da Yamaha Music Foundation of Europe.

Canta regularmente com os pianistas Angel Gonzalez e João Lima e com o guitarrista Ricardo Cerqueira.

Trabalha repertório com o maestro Marc Tardue.

Na primavera de 2008 interpretou a personagem Mimi da ópera La Bohème de Puccini, uma produção da companhia de ópera espanhola Concerlirica.

Em 2008 obteve o “Premio Lied” no “II Concurso Internacional da Ciudad de Zamora” em Espanha.

No verão deste mesmo ano voltará a interpretar Mimi da ópera La Bohème de Puccini uma produção itinerante da companhia de ópera Concerlirica.

Hoje tem como seu mentor o tenor espanhol Francisco Lazaro.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook