Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Margarida Prates

Piano

Margarida Prates nasceu em Lisboa, iniciando, desde muito cedo, os estudos musicais no Instituto Gregoriano de Lisboa.

Posteriormente, ingressou na Escola Superior de Música de Lisboa, onde concluiu o Curso Superior de Piano.

Em 1998, foi admitida na Scuola Internazionale de Pianoforte em Roma, onde, durante quatro anos, frequentou cursos de aperfeiçoamento pianístico sob a orientação do pianista Fausto Zadra.

Frequentou masterclasses em Portugal e no estrangeiro. Participou e foi galardoada em vários concursos nacionais e internacionais, nomeadamente, no Concurso Internacional Jugend Musiziert (1992), no Concurso Internacional de Piano de Brescia, Itália (1998), no V Concurso Internacional de Piano da Costa do Estoril (2001) e no Torneo Internazionale di Musica, em Paris (2004).

Apresenta-se, regularmente, em concerto, quer em Portugal, quer no estrangeiro, em recitais a solo, em formações de música de câmara e, ainda, com orquestra, nomeadamente, com a Orquestra de Brescia/Itália e com a Orquestra de Cordas da Sinfónica Portuguesa, sob a direcção do maestro João Paulo Santos.

No ano de 2001, gravou para a RDP/Antena 2, os improvisos de F. Chopin, integrada no programa Jovens na Música. Desde então, tem gravado repetidas vezes para a RDP/Antena 2 recitais em direto. Em 2006, apresentou-se em Vigo inserida no programa Xeraciones Xovenes 2005/2006. No mesmo ano, e na Alemanha, atuou, como solista, em Wittenberg/Lutherstadt. Em 2008, foi, novamente, convidada para, na Alemanha, integrar a temporada de música clássica, apresentando-se em várias cidades deste país.

No âmbito dessa temporada, sobre um dos concertos (em Leipzig, na Casa-Museu Mendelssohn), escreveram: (…) o seu toque é belo, aromático, cheio de sentimento. Pianista confiante e extremamente sensível. A sua interpretação chegou directa ao coração dos ouvintes (Ute van der S., Jornal ”Mitteldeutshe Zeitung”).

Em 2009, em Portugal, a crítica escreveu: (…) interpretando um programa inteiramente dedicado ao romantismo, a pianista conquistou o público com a sua musicalidade (Diário do Sul).

A convite da Companhia Nacional de Bailado, apresentou-se na Assembleia da República, tocando a obra Dançares de Fernando Lopes-Graça.

Em Março de 2007, foi júri do Concurso Nacional de Piano de Ourém. No ano seguinte, foi professora no Curso de Verão Jovens Músicos integrado no Mus&Caldas 2008 nas Caldas da Rainha. Desde então, é professora convidada nas masterclasses de Verão das Caldas da Rainha.

Em simultâneo com a sua actividade concertista, exerce funções docentes na Fundação Musical dos Amigos das Crianças.

É colaboradora da RDP/Antena 2 desde 2008, produzindo e apresentando programas regularmente, entre eles, Estórias do Teclado; O Feminismo na Música; e António Fragoso e os seus Contemporâneos.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook