Luís Gomes

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Luís Gomes

Tenor

O jovem tenor português Luís Gomes já causou impacto na cena operática britânica, sendo descrito como “uma estrela em ascenção” e “destinado a um futuro brilhante”.

Como parte do programa para Jovens Cantores Jette Parker (JPYAP), na Royal Opera House (ROH), interpretou os papéis de Le Chevalier (Os diálogos das Carmelitas), Pong (Turandot), Gastone (La Traviata), Lampionnaio (Manon Lescaut), 4ª Esquire (Parsifale), Nemorino (cover) (Elixir do Amor), ao lado das mais famosas estrelas da ópera e sob a direção de renomados maestros como Sir Antonio Pappano, Sir Simon Rattle, Nicola Luisotti, Daniel Oren, Maurizio Benini e Evelino Pidó entre outros.

Em junho de 2015, Luís Gomes fez a sua estreia como Fenton (Falstaff), tornando-se o primeiro cantor português a desempenhar um papel principal no palco da Royal Opera House.

Em setembro de 2018 Gomes ganhou o Prémio de Zarzuela Don Plácido Domingo Ferrer e o Prémio do Público no Concurso Operália.

Outros papéis incluem: Alfredo (La Traviata) em Glyndebourne e no Teatro Nacional São Carlos, Faust (de Gounod) no Auditório Féria de Valladolid, Rinuccio (Gianni Schicchi) no Festival CCB Dias da Música, Rodolfo (La Bohème) e Azaël (O filho pródigo) na Scottish Opera, Edmondo (Manon Lescaut), Tebaldo (Os Capuleti e os Montecchi) no Buxton Opera Festival, Osburgo (La Straniera) no Concertgebouw de Amesterdão, Nemorino (Elixir do Amor), Don Ottavio (Don Giovanni) e Fenton (Falstaff) no Teatro Verdi de Trieste, Rodolfo (La Bohème) no Verbier Festival Academy, Tottono (I Gioielli della Madonna), Pinkerton (Madama Butterfly) (cover) no Holland Park Opera Festival, Beppe (Rita), Fenton (As alegres comadres de Windsor), George (Nossa Cidade) no Silk Theatre (GSMD), Snout (Sonho de Uma Noite de Verão) no Barbican Theatre e Jenik (A Noiva vendida) para a British Youth Opera no Peacock Sadler’s Wells Theatre, papel pelo qual recebeu o Basil A Turner prize. Luís Gomes venceu igualmente o Bruce Miller / Gullive Prize em 2013.

Luís também é procurado como concertista e solista de recital em prestigiados espaços internacionais como o Royal Festival Hall, o Wigmore Hall, a Semperoper em Dresden, o Barbican Hall, o DeDoelen em Roterdão, o Concertgebouw de Amesterdão, Santa Cecilia em Roma e a Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa. O seu repertório de concerto inclui Petite Messe Solennelle de Rossini, Missa de Santa Cecília de Gounod, Stabat Mater de Dvorak, A paixão segundo S. João de Bach (árias), a Missa em Dó menor e o Requiem de Mozart, Requiem de Verdi, A Criação e Missa Lord Nelson de Haydn, Missa em Mi bemol e Intende Voci de Schubert.

Antes de ingressar no JPYAP na ROH, Luís Gomes estudou no National Opera Studio e na Guildhall School of Music & Drama, onde se formou com Licenciatura em Música e Mestrado em Performance de Ópera com Distinção tendo sido aluno de Rudolf Piernay.

Luís é orgulhosamente um Samling Artist desde novembro de 2012 e aluno da Academia de Belcanto Georg Solti, onde participou em classes de alto aperfeiçoamento com Richard Bonynge, Dennis O’Neill e Angela Gheorghiu.

Representou Portugal na reputada Competição Internacional de Canto de Cardiff organizada pela BBC.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook