Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

José Gato

Trombone

José Gato nasceu a 9 de Novembro de 1994 em Évora. Começou os seus estudos em Trombone com nove anos de idade na Banda Filarmónica Simão da Veiga da Casa do Povo de Lavre com Rui Ferreira e Fernando Palacino. Mais tarde, com catorze anos, ingressou na Escola Profissional Metropolitana. Actualmente frequenta a licenciatura na Academia Nacional Superior de Orquestra em Lisboa com o professor Reinaldo Guerreiro.

Já participou em classes magistrais com uns dos mais prestigiados trombonistas a nivel nacional e internacional, como Alexandre Vilela, James Miller (Trombone Solista da Los Angeles Philharmonic), Byron Fulchner (Trombone Solista da Philharmonia Orchestra) David Bruchez (Trombone Solista da Tonhalle-Orchester Zurich) e Jörgen van Rijen (Trombone Solista da Royal Concertgebouw) teve também aulas particulares com o professor David Bruchez. Participou em alguns estágios de orquestra sinfónica e de sopros, como: I, II, III Estágios de Banda em Palmela; I Estágio de Orquestra Cidade de Gouveia e o Workshop de Páscoa da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

A nível orquestral e de música de câmara já se apresentou com diversas orquestras como a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Sinfónica Metropolitana, Jovem Orquestra Portuguesa, Orquestra Académica Metropolitana, Orquestra de Sopros da Metropolitana, Ensemble MPMP, Orquestra Sinfónica Juvenil, European Union Youth Wind Orchestra, Lisbon Film Orchestra, Quarteto de Trombones da Metropolitana, entre outros, sob a direção de variados maestros de renome como: Michael Zilm, Emilio Pomarico, David Afkham, Reinaldo Guerreiro, Pedro Neves, Pedro Carneiro, Cristopher Bochmann, Jean Marc-Burfin, Jan Cober, James Judd, Alberto Roque, Paulo Martins, Mário Laginha, entre outros, um pouco por todo o continente, Açores, Bélgica e Alemanha.

No verão de 2015, participa com a Jovem Orquestra Portuguesa numa digressão a Berlim e Kassel, onde se apresenta na Konzerthaus em Berlim, participando assim no conceituado festival de jovens orquestras “Young Euro Classic”.

A nível individual, já conquistou o 3º prémio no prestigiado concurso Prémio Jovens Músicos, e também o 3º lugar no Concurso Internacional Terras de La Salette, Oliveira de Azeméis.

Já se apresentou a solo com a Orquestra de Sopros da Metropolitana.

Para além de classes de aperfeiçoamento e aulas particulares, José Vale de Gato trabalha regularmente com trombonistas como André Conde (Ex-Academista da Ópera de Zurique e Trombone solo da Orquestra Gulbenkian) e Filipe Alves (Trombone Solo da Hamburg Philharmonic, Staatskapelle Berlin e Ex- academista da Academia Karajan).

Partilhe
Share on Facebook
Facebook