José de Eça, tenor, natural do Porto

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

José de Eça

Tenor

José de Eça nasceu no Porto em 1995 e iniciou os estudos musicais (solfejo e piano) desde muito cedo com a mãe, Maria de Almeida de Eça, e trabalhou o aperfeiçoamento vocal com o pai, José de Oliveira Lopes, a sua grande inspiração.

Frequentou a classe de canto de Fernanda Correia no Conservatório Superior de Gaia e trabalha com Filomena Amaro.

Conta já uma série de apresentações como solista. Enquanto barítono apresentou-se em espectáculos cénicos com obras célebres tais como Amahl e os visitantes da noite (Menotti), Música no Coração (Óscar Hammerstein), Eloise (Karl Jenkins), Brundibár (Hans Krása) e A Flauta Mágica (Mozart), realizados em várias localidades no norte de Portugal.

Fez a sua estreia em oratória a convite do Círculo Portuense de Ópera (CPO) participando como solista no Requiem de Fauré.

No seu curriculum constam também os solos de tenor da Petite Messe Solennelle de Rossini e da Missa in angustiis de Haydn, obras apresentadas em 2014.

As suas interpretações em recitais têm vindo a conquistar grande sucesso junto do público, o que o levou a apresentar-se não só em Portugal como também em Espanha, França, Itália e em África – no Festival Internacional de Música realizado em Adis Abeba (Etiópia), homenageando o 150º aniversário do nascimento do compositor francês Claude Debussy.

Considerado um artista bastante flexível, exprime-se em vários idiomas sendo de destacar as suas interpretações em Lied, oratória e ópera, especialmente nos heróicos papéis de Wagner.

Entre os artistas com quem tem colaborado surgem nomes conceituados como Helena Marinho, Paule Grimaldi, José de Oliveira Lopes, Álvaro Teixeira Lopes, Adriano Jordão, Mário Mateus, José Eduardo Gomes, Luís Costa, Tiago Nunes, Ángel González e Armando Vidal, entre outros.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook