Joana Resende

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Joana Resende

Piano

Joana Resende nasceu na cidade do Porto, concluiu a licenciatura na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo da mesma cidade na classe de Jaime Mota, tendo sido galardoada com o prémio Fundação Eng. António de Almeida. Nesse mesmo ano estudou na Hochschule für Musik und Theater Felix Mendelssohn Bartoldy (Leipzig) com os professores Gerald Fauth (piano), Karl-Peter Kammerlander (acompanhamento de Lied) e Gudrun Franke (música de câmara).

Completou o curso geral do Conservatório com Vitaly Dotsenko, trabalhou com a pianista Helena Sá e Costa e foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian.

Em 2009 completou o Mestrado em Performance na Universidade de Aveiro, tendo trabalhado com o pianista Fausto Neves e apresentado comunicações em Portugal, Reino Unido, França e Brasil. 

No domínio do Lied integrou classes de alto aperfeiçoamento de Hartmut Höll, Dalton Baldwin, Dietrich Fischer Dieskau, Graham Johnson, Malcolm Martineau, Jeff Cohen (melodia francesa), Robin Bowman, Wolfgang Holzmair, Robert Holl, Julius Drake, Elly Ameling e Wolfram Rieger, nomeadamente no Oxford Lieder Festival (UK), Internationaal Lied Zeist (Utrecht) e no Conservatori Liceu (Barcelona). 

Tem-se apresentado em Portugal, França, Alemanha, Inglaterra, Luxemburgo, Bélgica e República Checa em diversas formações. Interessa-se pela divulgação de música portuguesa (obras estreadas de Fernando Corrêa de Oliveira, Sérgio Azevedo, Rui Soares da Costa, Eduardo Patriarca, Francisco Monteiro, Berta Alves de Sousa e Fernando Lopes-Graça). Dedica especial atenção ao acompanhamento de Lied/canção, tendo gravado para a Antena2, com as sopranos Catarina Sereno e Ana Maria Pinto e o tenor João Terleira, ciclos de R. Schumann, Luís de Freitas Branco, Franz Schubert e Benjamim Britten. Para a RTP/Antena2 gravou com Fausto Neves (Fernando Lopes-Graça, estúdios RTP, Abril 2014) e Ana Maria Pinto (Fernando Lopes Graça e Federico Mompou, CCB, Março 2016).

Lançou recentemente o CD “Anterianas”, juntamente com Ana Maria Pinto, com canções de Luís Freitas Branco, Franz Schubert e poemas de Antero de Quental.

… Um piano natural, um piano sólido, a saber encontrar, com felicidade, o lugar que lhe compete… (José Luís Borges Coelho, Fevereiro de 2016)

Sobre Joana Resende, gostamos do som e da sensibilidade em Schubert. Ser pianista de Lied não é tarefa menor, o sublinhar da cor, o dosear da interpretação de acordo com o poema, a naturalidade de atacar na consoante adivinhada do cantor, tudo isso esteve muito bem. (Henrique Silveira, Janeiro de 2013)

03 de dezembro de 2018

Partilhe
Share on Facebook
Facebook