Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Joana Oliveira

Flauta

Joana Oliveira nasceu a 26 de janeiro de 1990 em Crestuma, Vila Nova de Gaia. Iniciou os estudos musicais aos 9 anos na Escola de Música da Sociedade Filarmónica de Crestuma. O seu percurso académico continuou na Fundação Conservatório Regional de Vila Nova de Gaia, Escola Profissional de Música de Espinho e Universidade de Aveiro, onde estudou com Adriano Sabença, Jorge Correia e Angelina Rodrigues, respetivamente. Foi nesta última instituição que concluiu o mestrado em ensino de música.

Frequentou cursos e classes de alto aperfeiçoamento com alguns dos mais eminentes flautistas do panorama nacional e internacional dos quais se destacam Ana Maria Ribeiro, Gil Magalhães, Nuno Inácio, Pedro Couto Soares, Vasco Gouveia, Félix Renggli, Giuseppe Nova, Jorge Caryevschi, Massimo Mercelli, Philippe Bernold, Stefano Parrino e Wéndela van Swol. A nível de música de câmara trabalhou com Aldo Salvetti, Jean-Michel Garetti, Luís Carvalho e Luís Silva.

Em orquestra teve a oportunidade de trabalhar com vários maestros, dos quais se destacam António Vassalo Lourenço, António Victorino D’Almeida, Cesário Costa, Délio Gonçalves, Fernando Marinho, Francisco Ferreira, José Eduardo Gomes, Luís Carvalho, Paulo Martins, Pedro Neves, Armando Saldarini, Dominique Debart, Ernst Schelle, Eugene Rogers, Jean-Marc Burfin, Jouke Hoeskstra e Rafael Agulló Albors. Obteve o 3.º lugar na categoria C no “I Concurso Luso-Galaico Albertino Lucas” e foi-lhe atribuído o “Prémio Revelação” pelo jornal nortenho “Audiência”. Em 2012, iniciou a sua atividade no ramo da direção musical como maestrina da Orquestra Ligeira de Crestuma e como maestrina assistente da Sociedade Filarmónica de Crestuma, onde atualmente é diretora artística desde outubro de 2017.

Também nesse ano, iniciou estudos na Academia Europeia de Direção de Banda, onde trabalha com os professores André Granjo, Jan Cober, Javier Viceiro-Filgueira e Jean-Sébastien Béreau.

É uma das fundadoras e responsáveis pelo Estágio D’Ouro – Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão.

Desenvolveu atividade de docente na Academia de Música de Paços de Brandão e no Curso de Música Silva Monteiro. Atualmente é professora de flauta transversal na Academia de Música de Costa Cabral.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook