Inês Lopes, pianista, do Porto

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Inês Lopes

Piano

Nascida no Porto em 1995, Inês Lopes é uma pianista portuguesa a residir atualmente nos Países Baixos.

Com particular interesse pela música contemporânea, tem-se dedicado ao repertório da segunda metade do século XX e século XXI, com ênfase na música mista.  Nesta área destacam-se a sua participação no IV Encontro Internacional de Piano Contemporâneo, um concerto comentado na Tipografia do Conto no Porto, uma sessão de gravação para o CARA – Orquestra de Jazz de Matosinhos e o streaming da sua gravação da obra Bonus para toy piano e eletrónica de Nuno Lobo, na edição de 2020 do Festival Gaudeamus.

Inês Lopes estudou no Conservatório de Música do Porto e na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo da mesma cidade, nas classes dos professores Eduardo Resende e Madalena Soveral, respetivamente.

Durante os seus estudos na ESMAE, ganhou o Prémio Helena Sá e Costa (2016), tendo tocado o 3º Concerto para Piano e Orquestra de Béla Bártok com a Orquestra Sinfónica da ESMAE.

Colaborou também várias vezes com a Orquestra Sinfónica da ESMAE e com o Departamento de Composição da Escola através do qual estreou diversas peças para piano solo e para diferentes tipos de ensemble. No âmbito da música de câmara, teve a oportunidade de participar na edição de 2017 do Festival HARMOS e deu concertos no Porto, Gaia, Braga ou Viana do Castelo.

Atualmente estuda no Conservatório Real de Haia nos Países Baixos na classe da professora Ellen Cover.

A par dos seus interesses referidos, pretende agora explorar os conceitos de transdisciplinaridade e teatro musical, dando continuidade e fomentando novas colaborações com compositores e artistas de diferentes áreas. O seu fascínio por toy piano levou-a a iniciar um projeto em que explora o uso deste instrumento em conjunto com outros “instrumentos de brincar”.

Em 2021 foi convidada para integrar o projeto Pictures from behind of an Exhibition organizado pelo Echoes of Nothing e pela Muziekgebouw aan ‘t IJ em Amsterdão.

Integra desde 2020 o Sketch 351, coletivo fundado por músicos portugueses residentes nos Países Baixos.

Bio facultada por Inês Lopes, publicada na Meloteca a 26 de fevereiro de 2021.

[ Músicos do Porto ]

Clique AQUI para saber mais sobre músicos do Porto.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook