Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Herlânder Sousa

Flauta

Herlânder Sousa iniciou os estudos musicais aos nove anos na Banda Filarmónica Gafanhense. Aos 13 anos foi admitido no Conservatório de Música de Aveiro para estudar com Ana Ribeiro, terminando seus estudos com uma avaliação de 19 (máximo de 20).

Em 1997 entrou na Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou com Olavo Barros e concluiu os estudos.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian de 1995 até 2003.

Quando tinha 17 anos ganhou o primeiro prémio no programa de televisão Fórum Musical.
Em 1998/99 e 1999/2000 ganhou o terceiro prémio no Prémio de Jovens Músicos (nível de solista); na modalidade de música de câmara ganhou o segundo lugar em 2001/02.

Ganhou o primeiro Prémio no Terras de la Sallette, Competição Internacional.
Tocou a solo várias vez com a Orquestra Filarmonia das Beiras e em novembro de 2010 atuou com a Banda Sinfónica Potuguesa na Casa da Música, sendo dirigido por Mestro Eugene Corporon. Realizou “The Shadow of Sirius” de Joel Pucket.

Foi e tem sido convidado a tocar com várias Orquestras Profissionais, nomeadamente Orquestra Nacional do Porto, Remix Ensemble, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Sinfonietta de Lisboa, Orquestra das Beiras e outras.

Participou em várias gravações de CDs com músicos como Rui Veloso, Carlos do Carmo e Ney Matogrosso, entre outros. Participou em gravações de banda sonoras de filmes. Recentemente gravou a Suite nº 2 de Cl. Bolling com grupo Entr’amis Quartett.

Atualmente é chefe de naipe das flautas na Banda Sinfónica Portuguesa e membro fundador do grupo Entr’amis Quartett.
Professor do conservatório de Agueda, Academia S. Maria da Feira e na Academia de Música de Costa Cabral.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook