Gabriela Magalhães, violoncelista, de Ponte de Lima

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Gabriela Magalhães

Violoncelo

Gabriela Magalhães é uma violoncelista natural de Ponte de Lima. Iniciou os estudos musicais aos 12 anos na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo (EPMVC), na classe de violoncelo de Petia Smardjieva.

Em 2011, ingressou na Universidade de Aveiro e frequentou a Licenciatura em Música – Área de Especialização em Performance (Violoncelo), tendo como professores de instrumento Alexander Znachonak, Marco Pereira e Jaroslav Mikus. Em 2016, na mesma instituição, concluiu o Mestrado em Ensino de Música.

Ao longo do seu percurso artístico, frequentou cursos de aperfeiçoamento de violoncelo com Matti Roussi, Filipe Quaresma, Cédric Conchon, Jaroslav Mikus, Miguel Rocha e Clélia Vital, bem como cursos de aperfeiçoamento de música de câmara com Carlos Damas, Quarteto de Cordas Freitas Branco e Europa String Quartet.

Como instrumentista de orquestra, já se apresentou com a Orquestra APROARTE, a Orquestra Sinfónica de Leiria, a Orquestra de Cordas do Departamento Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, a Orquestra Sinfónica Juvenil, a Algarve Camerata, a Orquestra Filarmonia das Beiras, entre outras.

Acompanhou diversos artistas nacionais e internacionais, de realçar Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Ana Bela Chaves, Carlos Guilherme, Pedro Burmester, António Rosado, Serguei Arutyunian, John Russell, Stephen Lancaster, Esteban Battallán e Richard Galliano.

Teve a oportunidade de trabalhar com vários maestros de renome como Ernst Schelle, Javier Viceiro, Juliàn Lombana, Pedro Neves, Vasco Pearce de Azevedo, Francisco Pérez, Jean-Sébastien Béreau, Rui Massena, Christopher Bochmann e Eugene Rogers.

Paralelamente à formação clássica colaborou com diversos artistas de géneros musicais distintos, destacando-se Tony Carreira, Mariza, Cuca Roseta, Frei Hermano da Câmara, Anselmo Ralph, C4 Pedro, We Trust, Dino D’Santiago, Império dos Sentados, Miguel Gameiro, Jorge Roque, Sérgio Lucas, Alberto Índio, Os Quatro e Meia, Cordis, Pensão Flôr, Fado ao Centro e Passione.

Já se apresentou nos mais importantes palcos nacionais e em salas de espetáculo em Espanha e França.

Manifestando desde cedo interesse pela pedagogia, participou em várias formações direcionadas para o ensino da música, entre as quais:

  • Ação de Formação “Articular: A chave para o sucesso” dinamizada pelo Doutor Pedro Strecht;
  • Workshop “Técnicas para o aperfeiçoamento da afinação” orientado pelo Professor Doutor Fredi Gerling;
  • Workshop “Técnicas de Aprendizagem Motora e dos Movimentos Naturais do Corpo na Iniciação aos Instrumentos de Cordas – Método de Paul Rolland” orientado por Daniel Leão;
  • 1.º Encontro Orff-Schulwerk, organizado pela Universidade de Aveiro e com os formadores Verena Maschat, João Cunha e Sara Carvalho;
  • 11.º Curso de Formação de Animadores Musicais, organizado pela Casa da Música e com os formadores Duncan Chapman, Sam Mason, Tim Steiner, Paul Griffiths e Pete Letanka;
  • Workshop em Direção Musical orientado por Javier Viceiro.

Lecionou no Conservatório de Música de Coimbra (Orquestra Geração) e na Academia de Música de Coimbra.

É membro associado da European String Teachers Association, membro integrante e fundador do Quarteto de Cordas Opus Quatro e professora de violoncelo no Ensino Integrado de Música e no Curso Profissional de Instrumentista de Cordas e Tecla do Agrupamento de Escolas da Bemposta, Portimão.

Em 2018, participou no Festival de Música Rádio MEC, do Rio de Janeiro. O tema “Melancolia”, da autoria de Lydia Musafir, gravado por Gabriela Magalhães (violoncelo) e Pablo Lapidusas (piano), foi o vencedor na categoria de Música Instrumental deste Festival.

Bio publicada na Meloteca a 17 de junho de 2021

Músicos naturais de Ponte de Lima

Clique AQUI para saber mais sobre músicos do Concelho.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook